Arquivos de Tags: Pessoas

CAMPANHA DA SEA SHEPHERD SOBRE PLÁSTICOS NOS OCEANOS VAI DEIXÁ-LO CHOCADO

O consumo de plástico tem sido cada vez mais questionado, principalmente diante dos eventos recorrentes com animais morrendo em função da poluição dos oceanos. Então, se você ainda não vê grandes problemas em relação ao uso de copos e talheres descartáveis e até mesmo de sacolas plásticas de mercado, precisamos alertá-lo.

Realmente, não é nada ameaçador usar um simples copo de plástico para tomar um café durante a tarde, no intervalo do trabalho, por exemplo. Na verdade, o problema só existe porque 7,7 bilhões de pessoas também pensam dessa forma e reproduzem esse raciocínio em seus atos. Afinal, é impossível jogar algo “fora”, já que todos os objetos descartados permanecem dentro do planeta Terra.

Grande parte das pesquisas acerca desse assunto aponta em uma direção: nós, assim como os animais marinhos, estamos mergulhados em plástico. Contudo, o número de pessoas conscientes e engajadas na causa tem aumentado consideravelmente nos últimos tempos. ONGs, assim como outros grupos, têm o poder de gerar mudanças; no entanto, a conscientização e a transformação de hábitos individuais causam maior impacto, afinal, se cada um fizer a sua parte, tudo terá sido feito.

Com o objetivo de informar ainda mais pessoas, a Sea Shepherd, organização internacional de preservação marítima sem fins lucrativos, lançou uma campanha chocante. Em parceria com as agências de propaganda Tribal Worldwide (São Paulo) e DDB (Guatemala), foram criadas imagens inéditas e desconcertantes. Pôsteres em 3D foram elaborados com fotos de dois animais: uma tartaruga e uma foca sendo sufocadas por sacolas plásticas; com elas, pode-se ler a frase: “O plástico que você usa uma vez tortura o oceano para sempre”.

“Infelizmente, uma ação pequena e impensada em nossa rotina pode causar danos enormes à natureza. Nessa campanha, pretendemos remediar isso, alcançando o maior número possível de pessoas e conscientizando-as de que com passos pequenos e fáceis podemos garantir que cenas terríveis como essas não aconteçam”, declarou Guiga Giacomo, diretor executivo da Tribal Worldwide.

BELEZA PECULIAR DE PESSOAS COM SARDAS

Para quem não sabe, as sardas são pequenas manchas marrons que surgem no rosto ou em partes do corpo que estão frequentemente expostas ao sol, como braços, colo ou mãos. Provocadas pelo aumento da melanina — o pigmento que dá cor à pele, aos cabelos e aos olhos —, elas tendem a ficar mais escuras durante o verão.

A paixão do fotógrafo Brock Elbank por essas marcas na pele o levou a criar uma série de imagens cujo objetivo principal é elevar a autoestima de pessoas com sardas e deixá-las mais confortáveis com essa característica que as torna tão únicas e belas. Em suas andanças, o artista descobriu histórias de homens e mulheres insatisfeitos com sua aparência, que relataram, inclusive, terem sofrido bullying por causa dela.

Cenas épicas que só existiram por 1 segundo

foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas

Realidade e acontecimentos no mundo

foto-imagem-realidadeUm baterista toca entre as sombras dos modelos durante desfile na Semana de Moda Masculina em Nova York. O evento tem duração de quatro dias e é a primeira vez que acontece na cidade.foto-imagem-realidade

Pessoas brincam enquanto se refrescam em uma fonte pública no centro de Madrid, na Espanha. Segundo o serviço meteorológico local a temperatura, que atingiu 40ºC, deve se manter por pelo menos mais uma semana.

foto-imagem-realidade

Luzes são vistas ao longo da rota Hörnli na montanha Matterhorn, na Suíça. Há 150 anos o britânico Edward Whymper alcançou o cume pela primeira vez. Na descida, 4 membros de sua equipe morreram. Mais de 500 alpinistas já morreram tentando escalar o monte.

foto-imagem-realidade

foto-imagem-realidadeMovimentação de banhistas e turistas no amanhecer na orla de Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro foto-imagem-realidadeAmanhecer visto da Ponte João Dias, na Zona Sul de São Paulo

 

foto-imagem-realidade

Pessoas fazem fila para usar um caixa eletrônico enquanto uma pessoa pede esmolas em Atenas, na Grécia. O país chegou a um acordo com seus credores, mas terá que fazer reformas trabalhistas e das aposentadorias, além de privatizações e aumento de impostos

foto-imagem-realidade

Pessoas assistem o 7º dia da corrida de touros de suas varandas durante o festival de São Firmino em Pamplona, ​​na Espanha. Foliões de todo o mundo se reúnem na cidade todos os anos para participar do evento

foto-imagem-realidadeMenina chora após um bombardeio comandado pela Arábia Saudita matar o pai dela em Sana, capital do Iêmen. Ataques feitos na manhã desta segunda-feira (13) na cidade deixaram ao menos 21 civis mortos, segundo testemunhas foto-imagem-realidadeMeninos brincam com um cano fingindo ser um morteiro em local que, segundo ativistas, foi alvo de um bombardeio com barril de explosivos na cidade antiga de Aleppo, na Síria, no domingo (12) foto-imagem-realidadeEspecialista em moxabustão trata um paciente com a terapia alternativa em Yiwu, na província chinesa de Zheijang. Muitos chineses acreditam que a aplicação de algumas terapias alternativas no verão ajuda a proteger contra doenças no inverno foto-imagem-realidadeA nova Miss EUA, Olivia Jordan, representante do estado de Oklahoma, reage após ser coroada vencedora entre as 51 participantes na cerimônia na noite de domingo (12) em Baton Rouge, em Louisiana foto-imagem-realidadePensionista cadeirante espera do lado de fora com outros idosos em frente a uma agência do Banco Nacional da Grécia no centro de Atenas foto-imagem-realidadeSoldado ucraniano fala ao celular em um ponto de controle na vila de Lavki, perto da cidade de Mukacheve foto-imagem-realidadeLava é expelida pelo Vulcão de Fogo, visto da comunidade de San Antonio em Colima, no México, no domingo (12). Centenas de pessoas foram removidas da região e um aeroporto foi fechado por medo de esta se tornar uma das maiores erupções do vulcão

Fotos de “Flor” humana que vão surpreender você

foto-imagem-flor-humana foto-imagem-flor-humana foto-imagem-flor-humana foto-imagem-flor-humana foto-imagem-flor-humana foto-imagem-flor-humana foto-imagem-flor-humana foto-imagem-flor-humana foto-imagem-flor-humana foto-imagem-flor-humana foto-imagem-flor-humana

Fotos de pessoas dormindo nas ruas de Tóquio

Fascinado pela imagem de pessoas dormindo, o fotógrafo britânico Adrian Storey encontrou nas ruas de Tóquio um cenário ideal para seu trabalho.

Para Storey, seu trabalho, iniciado em 2006, é uma crônica de um dos aspectos mais “problemáticos” da sociedade japonesa.

Pelas ruas da capital japonesa, Storey encontrou pessoas com os mais diferentes perfis e dos mais variados estratos sociais dormindo pelas ruas.

Ele diz não ter detalhes das histórias pessoais de cada personagem de suas fotos, já que não esperou que as pessoas acordassem para conversar com elas.

Em sua maioria, diz Storey, os dorminhocos se aconchegam em qualquer canto por estarem “bêbados, exaustos ou terem perdido o último trem para casa”.

“Por um lado, é incrível que em uma cidade de 13 milhões de habitantes seja seguro o suficiente para as pessas dormirem nas ruas sem medo de serem roubadas ou de sofrerem outro tipo de violência”, observa o fotógrafo.

“Mas também há as questões do abuso do consumo de álcool, do excesso de trabalho, do afastamento da família e de comportamentos associados em outras culturas apenas pelos jovens”, diz.

Storey lamenta que as reações ao seu trabalho no Japão se concentraram exclusivamente na questão de quão seguras são as ruas de Tóquio. “O lado mais sombrio do projeto foi amplamente ignorado”, afirma.

Storey começou a fotografar os dorminhocos pelas ruas de Tóquio em 2006.

Ele pretende transformar em livro o projeto, batizado por ele de ‘Let the Poets Cry Themselves to Sleep’ (Deixem os Poetas Chorarem até Dormir, em tradução livre).