Arquivos de Tags: EUA

Este gorila enlouquecendo dentro de uma piscina vai alegrar o seu dia

Pense em um animal feliz! Mas muito, muito feliz mesmo! Esse é Zola, o gorila que você vai ter o prazer de assistir no vídeo a seguir — onde ele aparece enlouquecendo enquanto brinca em uma simples piscina. Dê só uma olhada:

Alegria pura, não é mesmo? Mas, afinal, o que está acontecendo no vídeo acima? O gorila está mesmo feliz da vida ou apresentando algum tipo de comportamento estranho? E o que, afinal, ele está fazendo naquela piscina?

Momento de relax

De acordo com Noel Kirkpatrick, do site Mother Nature Network, Zola vive no Zoológico de Dallas, nos EUA, e foi flagrado curtindo horrores durante o que os especialistas do local chamam de “período de enriquecimento”. Esse período, segundo Noel, consiste em um tempinho que o pessoal do zoológico foca na estimulação física e mental para encorajar e estimular os animais a demonstrarem comportamentos naturais.

Pois Zola estava no meio de sua sessão quando, para a alegria dos cuidadores, começou a brincar com a água e a rodopiar feliz da vida na piscina. Então, respondendo às perguntas que fizemos anteriormente, não se trata de nenhum comportamento estranho — muito menos negativo. O gorila está simplesmente relaxando e tirando o máximo proveito de seu “período de enriquecimento”.

Seph Lawless percorreu o país para retratar locais que foram palco de crimes e outros eventos terríveis.

150118222738_seph_lawless_casa_976x549_sephlawlessEm seu livro “13: An American Horror Story”, o fotógrafo Seph Lawless reúne retratos de casas nos EUA que foram palcos de crimes e eventos trágicos. Na casa da foto, em Ohio, um pai matou seu filho por acidente em 1958 – depois assassinou sua mulher e se suicidou.150118222814_seph_lawless_casa_2_976x549_sephlawlessMuitas pessoas garantem que o ex-dono da mansão Milan praticava bruxaria.150118222942_seph_lawless_casa_4_976x549_sephlawlessA mansão Haught, no Estado de Michigan, foi um bordel. Há alguns anos, diversos corpos foram encontrados em sua adega.150118223006_seph_lawless_casa_5_976x549_sephlawlessA mansão Bailey, em Hartford, no Estado de Connecticut, é a casa ‘mal assombrada’ que inspirou o seriado americano ‘American Horror Story’. 150118223038_seph_lawless_casa_6_976x549_sephlawlessA mansãoTemple, de Detroit, no Michigan, foi cenário de um triplo assassinato em agosto de 1942. 150118223106_seph_lawless_casa_7_976x549_sephlawlessEsta casa abandonada ao leste de Cleveland, em Ohio, foi onde o assassino em série Anthony Sowell escondeu os corpos de suas vítimas.150118223154_seph_lawless_casa_9_976x549_sephlawlessEsta é a casa onde morou durante a infância o assassino em série mais conhecido dos EUA, Robert Berdella, conhecido como o ‘carniceiro de Kansas City’. 150118223213_seph_lawless_casa_9_976x549_sephlawlessA mansão Hooley, no Texas, foi palco de várias mortes estranhas nos anos 1970, quando era um hotel.

Lindas praias – Conheça lugares diferentes e mágicos ao redor do mundo – Fotos e imagens

Tem gente que prefere o campo. Outros, curtem a brisa do mar. Mas uma coisa é certa: todos desejam encontrar um cantinho exclusivo e cheio de charme para passar os dias de descanso, seja das férias ou de um final de semana. Listamos aqui cinco praias diferentes de qualquer outra e que valem, com certeza, a visita. Agende a sua passagem, estenda a toalha e aproveite.praia-linda-foto-papakolea-beach-eua-imagem

Papakolea Beach, EUA

Para chegar a esta praia é necessário um veículo com tração nas quatro rodas e uma boa caminhada, mas com certeza a experiência vale a pena. A Papakolea Beach, no Havaí, é um dos dois lugares do mundo onde a areia é verde – a outra área fica nas Ilhas Galápagos. A coloração é atingida graças a um mineral presente nas imediações.

praia-linda-foto-ocean-dome-japao-imagem

Ocean Dome, Japão

A cidade não tem praia? Não faz mal: ela pode ter um complexo aquático que imita perfeitamente essa maravilha natural, como o Ocean Dome. Localizada na cidade de Myazaki, no Japão, o mar artificial pode ser usado o ano todo graças ao ambiente totalmente climatizado e ao teto retrátil. O local conta até com um vulcão de mentira, que solta fogo a cada hora, e ondas para os surfistas.

praia-linda-foto-playa-de-gulpiyuti-espanha-imagem

Playa de Gulpiyuri, Espanha

Esta pequena praia situada em Asturias, na Espanha, é especial. Apesar de ter apenas 50 metros de largura e estar cercada pela vegetação nativa e por pedras, é composta por água do mar – que chega à costa através de um túnel no meio das rochas.

praia-linda-foto-bowling-ball-beach-usa-imagem

Bowling Ball Beach, USA

Olhe a imagem acima: parece que todas essas pedras foram esculpidas pelas mãos do homem, certo? Mas não foram. A explicação científica é simples: ao longo de milhares de anos, as rochas que embelezam uma praia da Califórnia sofreram atrito com a água do mar, formando uma costa de falésias parecidas com bolas de boliche – daí o nome do local.

praia-linda-foto-scala-dei-turchi-italia-imagem

Scala dei Turchi, Itália

Este penhasco rochoso ao longo de duas praias no sul da Sicília tornou-se uma atração turística na Itália. Sua cor branca e seu formato, que se assemelha a uma escada (Escada dos Turcos, em português), chamam a atenção.

Paisagens exóticas – 22 lugares que você não acredita que existam, mas existe

Lago Hillier, Austrália

foto-lago-hillier-australia-cor-rosa-imagem

Hillier Lake é um lago localizado na Ilha do Meio, a maior das ilhas que compõem o arquipélago de Recherche (Austrália).
Sem dúvida, a característica mais conhecida deste lago é que ele é rosa. A cor é permanente.

Túnel do Amor Ucrânia

foto-tunel-do-amor-ucrania-imagem

Ele tem sido descrito como um dos lugares mais românticos do mundo e está localizado nas proximidades da cidade de Klevan na Ucrânia. Na verdade essa ferrovia foi abandonada, com o passar do tempo, a natureza criou uma espécie de dossel para transformá-lo em algo como um túnel de vegetação.
Atualmente, tornou-se um lugar de visita obrigatória para os turistas que viajam para a região ucraniana , e especialmente para os casais apaixonados, descrevendo-o como um cenário de conto de fadas.

Campos de Tulipas na Holanda

foto-campos-de-tulipas-na-holanda-imagem

As primeiras tulipas foram para Holanda das mãos do botânico francês Charles de Lécluse
A melhor época para visitação é no mês de abril. A área onde estão localizados não se estende mais de 25 km a sudeste de Amsterdã. Os lugares mais populares são o Parque Keukenhof , Leiden e Haarlem .

Deserto de Sal – Bolívia

foto-deserto-de-sal-bolivia-imagem

Com uma área de 12.000 km ², o Salar de Uyuni é o maior deserto de sal do mundo.
Localizado ao sudoeste da Bolívia, o sal é uma das maiores reservas de lítio do mundo.
Tem cerca de 11 camadas de sal entre 1 e 10 metros. A parte superior tem uma espessura de 10 metros. A profundidade total é de 120 m. Todos os anos é visitada por cerca de 60.000 visitantes, tornando-se um dos lugares mais visitados na Bolívia.

Hitachi parque à beira-mar

foto-hitachi-parque-a-beira-mar-imagem

Por 50 anos, esta terra, situada em torno da cidade japonesa de Hitachinaki, são do joverno japones . Até então, serviu como uma base militar dos EUA.
Este parque floral abrange um total de 3,5 hectares repletos de flores. Especialmente conhecida por suas nemophilas azuis , suas flores são dispostas em um mosaico dividido por cores, que mudam o tom em cada temporada.

Cavernas de gelo na geleira de Mendenhall

foto-cavernas-de-gelo-na-geleira-de-mendenhall-imagem

Mendenhall Glacier é uma geleira 19 km longo localizado no Mendenhall Valley (Juneau, Alasca).

Entrando nas cavernas, você vai ver a geleira de muito perto. Seu centro de visitantes recebe mais de 500 mil visitas por ano.

Floresta de Bambu – Japão

foto-floresta-de-bambu-japao-imagem

Esta floresta deslumbrante localizado em Kyoto (Japão), dá ao visitante um passeio maravilhoso. Perto do Monte Arashiyam, em uma área completamente rural.

Flores de cerejeira em Bonn, Alemanha

foto-flores-de-cerejeira-em-bonn-alemanha-imagem

Túnel de árvores da Ucrânia, esta rua em Bonn, Alemanha, oferece um passeio único em seu túnel de flor de cerejeira.

Esta foto foi feita pelo jovem fotógrafo Marcel Bednarz, que diz que esta paisagem só pode ser apreciado por três semanas por ano.

China Praia Vermelha

foto-china-praia-vermelha-imagem

Este impressionante praia vermelha está localizado no delta do rio Liaohe, a 30 km a sudoeste da cidade de Panjin (China).

É claro de onde é chamado. A sua aparência é devido a um tipo de algas que crescem em solos salinos e alcalino-terrosos. Começa a crescer na primavera e, em seguida, permanece verde durante todo o verão. É no outono, quando ele fica vermelho, criando uma paisagem verdadeiramente surreal.

O túnel de glicínias em flor

foto-tunel-de-glicinias-em-flor-imagem

Em Kawachi Fuji Gardens (Kitakyushu, Japão) rompe essa explosão impressionante de cor.

Este parque é conhecido por hospedar mais de 150 de Wisteria (gênero Wisteria ) de 20 espécies diferentes. O jardim é privado, então você tem que pagar ingresso para vê-lo.

Mina de Naica, no México

foto-mina-de-naica-no-mexico-imagem

Esta mina em Chihuahua, no México, é conhecida mundialmente por suas formações cristalinas incríveis que estão alojados dentro.

Apenas uma das câmaras, a “casa de vidro”, é aberto ao público. Infelizmente, devido às suas altas temperaturas, o que tem as formações maiores não pode ser visitada.

Eles vieram para encontrar cristais selenito de 15 metros de comprimento, com dois metros de espessura. Impressionante.

Os campos de chá, China

foto-campos-de-cha-china-imagem

O Dragão dos campos assim, cerca de 19 km da cidade de Hangzhou, têm atraído visitantes por 1000 anos.

Floresta Negra, na Alemanha

foto-floresta-negra-alemanha-imagem

Localizado em uma cordilheira arborizada, no estado de Baden-Württemberg, Floresta Negra ocupa cerca de 200 km de comprimento e 60 km de largura.

Esta floresta foi, em tempos medievais, uma região de mineração importante para a Europa.Agora, a área é conservada Schwarzwaldverein por voluntários, o clube de alpinistas e caminhantes mais antigas do país.

Pendure Son Doong, no Vietnã

foto-pendure-son-doong-vietna-imagem

Esta caverna tem como paisagem subterrânea e é considerada a maior caverna do mundo.

Durante a Guerra do Vietnã, a caverna foi usada como um abrigo para se defender contra ataques. Felizmente, em 2009, voltou à vida graças aos exploradores da Associação Britânica de Pesquisa Cave.

Monte Tianzi, China

foto-monte-tianzi-china-imagem

Localizado no oeste de Hunan Tianzi Mountain é um dos picos mais altos (1.262,5 metros). O teleférico tem uma distância de 2.084 metros. Vistas deslumbrantes, sem dúvida.

Antelope Canyon, EUA

foto-antelope-canyon-eua-imagem

É localizada no norte do Arizona, este canyon estreito é um dos mais visitados do sudoeste americano.

Através de um processo de epigênese no processo que levou milhares de anos, a formação geológica foi cavando um resultado de correntes de água.
O cânion pode ser visitado apenas com um guia para o risco de inundações.

Takinoue, a cidade rosa

foto-takinoue-a-cidade-rosa-imagem

Duas horas ao norte de Asahikawa (Hokkaido, Japão), vai encontrar esta linda área conhecida como a cidade rosa.

Seus campos são cobertos com Phlox subulata , e dar efeito ao parque verdadeiramente surpreendente. Todas as flores abrem ao mesmo tempo, em maio, resultando em uma explosão de cor.
Um dos principais passeios é ver a partir de um helicóptero para admirar toda a sua grandeza.

Os campos de lavanda na França e no Reino Unido

foto-campos-de-lavanda-na-franca-reino-unido-imagem

Definitivamente um lugar para se ver os campos de lavanda estão localizadas na França e no Reino Unido.

Na França, por exemplo, uma das grandes atrações da Provença é o caminho para os campos de lavanda. É aconselhável visitá-los em sua época de floração, que vai de meados de junho a meados de julho.

Monte Roraima, América do Sul

foto-monte-roraima-america-do-sul-imagem

É o ponto mais alto das montanhas de mesa da Serra de Paracaima. No topo, os seus 31 km² estão rodeadas por penhascos de 400 metros de altura. Mires de todos os lugares que você olhar.

Seu ponto mais alto, Maverick Rock (2810 metros), está na Venezuela. Localizado no Parque Nacional de Canaima , algumas de suas formações geológicas são considerados os mais antigos da Terra.

A colza florescendo na China

foto-colza-florescendo-china-imagem

Em meados de março, na cidade de Huangshan, localizado no leste da China, pode-se apreciar a paisagem deslumbrante.

A colza ou canola ( Brassica napus ) é usado para produzir óleo vegetal, biodiesel e forragens.

Geopark Zhangye, China

foto-geopark-zhangye-china-imagem

Estes incríveis montanhas coloridas que lembram as garrafas de artesanato de sal que fizemos na´pré-escola, estão localizados na província de Gansu (China).

Este belo espetáculo é formado por depósitos sucessivos e sedimentos de diferentes minerais nas camadas de rocha. Neste cenário é conhecido como Danxia (nuvens cor de rosa). Esta é a maior ea mais típica das regiões áridas da China.

Lago Retba, Senegal

foto-lago-retba-senegal-imagem

Popularmente conhecido como o Lago Rosa, por razões óbvias, seu nome original é Retba e situa-se a nordeste da capital do país Africano, Dakar.

A água deste corpo tem uma concentração de sal de 40%, permitindo-lhe flutuar na e sim, a sua cor tem uma explicação biológica no primeiro pensamento para ser devido às grandes concentrações de alga.

Esta alga é protegido contra a radiação, as condições de salinidade e de temperatura do ambiente de produção de grandes quantidades de beta-caroteno, é amplamente utilizada na indústria cosmética.

Espetáculo da natureza – Aurora boreal, fenômeno luminoso, é visto na região rural do Maine(EUA)

Paul Cyr estava pesquisando em sites sobre aurora boreal e descobriu que o belo fenômeno luminoso ficaria visível em uma região rural do Maine (EUA), estado que faz fronteira com o Canadá.
O americano de 61 anos se dirigiu rapidamente a Easton e esperou que a natureza brindasse os moradores e a sua objetiva com o espetáculo de luzes no céu.
O fenômeno ocorre normalmente nas épocas de setembro a outubro e de março a abril e é mais comum em regiões mais próximas do Polo Norte.aurora-boreal-foto-imagem 

aurora-boreal-imagem-foto

 

foto-aurora-boreal-imagem

Fenômeno – Lago de sangue – Bactéria Chromatiaceae deixa a água do reservatório O.C. Fisher no Texas

foto-reservatorio-no-texas-agua-vermelha-bacteria-chromatiaceae-imagem

O fenômeno é inédito: do dia para a noite, a água do reservatório O.C. Fisher, no Texas (EUA), ficou vermelho sangue. Até então, o lago era normal como qualquer outro, de cor azul e repleto de peixes. Mas, há pouco mais de dois anos, o local – que fica dentro do Parque Estadual de San Angelo – começou a sofrer um período de seca que fez com que parte da água secasse. E então, em poucas horas, ela ficou completamente vermelha.

foto-reservatorio-no-texas-agua-vermelha-bacteria-chromatiaceae

O caso virou um mistério na cidade e a população passou a achar que era um sinal do fim dos tempos, que o apocalipse estava próximo. Muitas famílias chegaram, inclusive, a sair da região ou estocar comida esperando o pior.

Até que veio a explicação científica: por conta da seca, que não cessou, houve uma proliferação muito rápida da bactéria Chromatiaceae, que é de cor vermelho-sangue e se reproduz em águas com pouco oxigênio. Por conta disso, o lago ganhou o apelido de “Blood Lake” (Lago de Sangue). Desde então, o problema só se agravou e, recentemente, a reserva secou por completo

Veja quais são as regiões mais “infernais da Terra – Os 10 lugares mais quentes do planeta

Há gente que detesta o verão, mas há quem odeia o inverno e só fica satisfeito quando está um calor de rachar. Mas, e se o tempo for tão quente que ultrapasse os 40°C diariamente, atinja picos de até 60°C, em um lugar deserto, sem uma chuva sequer para refrescar? Selecionamos, abaixo, os dez lugares mais quentes do planeta, que podem fazer até os mais apaixonados pelo verão mudarem de ideia!

1. Dallol, Etiópia

Conhecida como o lugar habitado mais quente do mundo, a cidade situada no deserto de Danakil, na parte oriental do país, chega a registrar médias de temperatura máxima acima dos 41°C. Isso se deve também à proximidade com o Vulcão Dallol, onde as temperaturas diurnas chegam a 60°C. Lá, formações de minerais saem literalmente das entranhas da terra.

2. Wadi Halfa, Sudão

Localizada em uma região de muita pobreza no centro do deserto do Saara, na fronteira com o Egito, o local chega a atingir picos de calor, a temperaturas de quase 53°C. Chegar lá também não é fácil. É preciso pegar, em Cartum, um trem que passa pelas margens do rio Nilo e por muitas ruínas milenares. Não há hotéis na cidade, apenas alojamentos, e o clima extremamente seco recebe um reforço do vento constante e muito quente.

3. Vale da Morte, Califórnia, EUA

Reconhecido como um dos lugares mais quentes do mundo pela Organização Mundial de Meteorologia, o Vale da Morte fica no deserto de Mojave, próximo à divisa com o estado de Nevada. É lá, também, onde fica a maior fonte de borato do mundo, em uma mina a céu aberto. A temperatura máxima da região já chegou a 56,7°C.

4. Deserto Lut, Irã

Considerado o 25º maior deserto do mundo, o Lut está localizado no sudeste do Irã e já chegou a registrar temperaturas de superfície acima de 70 °C, medida pela Nasa. Também é marcado pelos lagos Dasht, que se estende para sul por cerca de 300 km.

5. Tirat Tsvi, Israel

Com temperaturas escaldantes, a cidade, pertencente à área de HaZafon, é o lugar mais quente da Ásia, com temperaturas que beiram os 54º C. A cidade funciona, também, como kibutz e se situa no Vale Beit Shean, a 10 km ao sul de Beit Shean, em Israel, e faz fronteira a oeste com o rio Jordão.

6. Timbuktu, Mali

Localizada no Mali, país do oeste africano, e nas proximidades do Rio Niger, a cidade foi fundada por volta de 1.100 para servir as caravanas que traziam sal das minas do deserto do Saara, em troca de ouro e escravos. Em 1.330, a região era parte do império do Mali e, dois séculos depois, passou a ser governada pelo império Songhay, fazendo de Timbuktu uma importante cidade universitária e capital religiosa, habitada por muçulmanos, cristãos e judeus. Também é famosa pelas altas temperaturas, que já chegaram a 54,4º C.

7. Queesland, Austrália

A temperatura já chegou a quase 69º C no estado australiano situado no nordeste do país, que ocupa mais de 20% da Austrália. Marcada por vastas florestas tropicais, com clima seco e semidesértico, a região atrai turistas do mundo inteiro todos os anos, graças às ilhas costeiras e à grande barreira de coral.

8. Turfan, China

Com calor de mais de 50º C, a área fica a noroeste da província chinesa de Xinjiang e é repleta de templos budistas em meio à paisagem desértica. O lugar, que também é um importante centro de comércio, é ainda conhecido como Tulufan. O oásis fértil é rodeado por montanhas, inclusive pelo vulcão Turfan.

9. Kebili, Tunísia

A cidade localizada no sul da Tunísia e capital da província homônima já chegou a registrar picos de 55º C. Também pudera, já que a região fica a beira de um oásis no deserto do Saara, a noroeste do Chott el Jerid e a nordeste do Chott el Fejaj. Com cerca de 100 mil tamareiras, é um dos principais centros comerciais da região.

10. Ghadames, Líbia

Dividida em duas partes – a antiga e a nova -, a cidade tem pouco mais de 15 mil habitantes e já chegou a registrar temperaturas de 55º C. Além de ter sido declarada Patrimônio Mundial pela Unesco, uma das principais atrações do local é o lago com água salgada que a circunda por cerca de 20 km, no distrito Nalut, a sudoeste de Trípoli, próximo às fronteiras com a Argélia e a Tunísia.

Paisagem impressionante nos EUA – O sol entre nuvens fez pico da montanha ficar laranja

Um fotógrafo contou com a sorte para ter uma iluminação especial e registrar uma paisagem impressionante em um parque nacional no estado de Montana, EUA.

Harry Litchman conta que o dia parcialmente nublado estava amanhecendo no parque Glacier quando o sol apareceu em uma brecha no céu e iluminou praticamente só o pico Grinnell por alguns breves minutos.

Ele garante que não usou o Photoshop ou outro programa de edição de imagens para conseguir o efeito após o clique. “Você pode acertar ou errar, e é por isso que um fotógrafo tem que sempre tentar estar no lugar certo e preparado”, afirma.

Segundo Litchman, a imagem foi uma “recompensa” pelas várias manhã em que ele acordou cedíssimo mas não conseguiu fazer nenhuma foto boa no local.