Arquivos de Tags: arte do mundo

As escadas mais sinistras do mundo

Ao longo de nossas vidas, vamos tendo contato, conhecendo e explorando muitas coisas com as quais desfrutamos de interações variadas, sejam elas boas ou ruins. Com as experiências, surgem os medos, as aversões, os traumas etc., e algo que pode marcar a sua vida de forma negativa (ou positiva) são as escadas.

Elas são grandes coadjuvantes da vida de todos nós: nos fazem “subir na vida”, mas também têm o poder de nos fazer “descer”. Algumas vezes, de forma tão abrupta que jamais vemos qualquer degrau com os mesmos olhos. Elas podem ser o terror de alguns moradores de altos edifícios em dias sem energia elétrica, mas também podem simbolizar uma conquista, um feito.

foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas

Casa de Areia

foto-imagem-casa-de-areaNa cidade de diamantes mineira abandonada de Pomona, na costa da Namíbia, areia devora edifícios como este, uma casa em uma colina fora da vila principal. “Fiquei impressionado com o que vi lá dentro, a pureza da areia que estava intocado durante anos, talvez décadas”, escreve seu membro tiro Romain Veillon , que estava filmando Pomona e nas proximidades Kolmanskop para um projeto de fotografia. “A imagem sempre me faz pensar sobre a história das pessoas que viviam lá e que eles estavam pensando quando eles estavam olhando para esse ponto de vista incrível.”

A vida selvagem da Grã-Bretanha

British Wildlife Photography Awards celebra a vida selvagem da Grã-Betanha premiando as mais belas imagens enviadas por fotógrafos de todo o país.

Os vencedores ganharam em várias categorias, como retratos de animais, detalhes naturais, e Grã-Betanha escondida.

Os competidores inscreveram fotos de aves, peixes e mamíferos em extinção.

Mas a imagem feita de dentro d’água de um golfinho na Irlanda foi a grande ganhadora do concurso.

As fotografias vencedoras serão exibidas na Mall Galleries, em Londres, do dia 2 ao 7 de setembro antes de partirem para um tour nacional.

foto-imagem-dolphins

Os vencedores do British Wildlife Photography Awards foram anunciados. E a grande vencedora foi essa imagem de um incrível encontro com um golfinho intitulada ‘In the living room’ (Na sala, em tradução livre). George Karbus, que registrou o momento, disse que “a visibilidade dentro d’água é muito limitada na Irlanda, e eu tive muita sorte em conseguir fotografar esse momento.”foto-imagem-dormouseps

Essa imagem registrada durante o outono em Devon, no sul da Inglaterra, foi altamente elogiada na categoria bosques selvagens. Danny Green, autor da foto, falou sobre a complexidade de se fotografar mamíferos em extinção. “Este arganaz está hibernando e por isso eu usei um suporte especial para câmera para não assustá-lo”.

foto-imagem-fernsnailps

A vencedora na categoria Grã-Bretanha escondida leva o título de ‘Viewpoint’ (Ponto de vista) e foi fotografada por James Knight em Buckinghamshire. Esse pequeno caracol iluminado criou uma sombra que chamou a atenção de Knight, que então recompôs a imagem e esperou que o animal chegasse até o final dessa samambaia para tirar a foto. foto-imagem-blennyps

O ganhador na categoria retratos de animais foi Mark N Thomas, que fotografou uma espécie de peixe em Gwynedd, no norte do País de Gales. Thomas, que deu o nome de ‘Tommy’ à sua imagem, disse que “esse peixe estava sempre no mesmo lugar em todos os meus mergulhos”. foto-imagem-chicksps

Na mesma categoria, paciência foi a palavra chave para essa elogiada foto de filhotes de coruja feita em Sussex, no sul da Inglaterra, por Richard Peter. “Tentar enquadrar os três e fazer com que eles olhassem na minha direção foi uma tarefa difícil.” foto-imagem-winnerbotanicalps

Robert Canis ganhou na categoria Grã-Bretanha botânica, com esta imagem que capta a relação simbiótica entre um pequeno cogumelo e árvores gigantes. foto-imagem-winnerdetailsps

Muitas vezes, não é uma questão de aproximar a câmera da natureza, mas da natureza se aproximar da câmera, como se vê na categoria detalhes naturais. A imagem vencedora na categoria, feita por Michael Gallagher, mostra os olhos de uma lula, que segundo ele, se aproximou “intrigada com a câmera, e com o intruso que fazia bolhas.” foto-imagem-chapim-real

Joseph Amess, de 15 anos, foi o vencedor na categoria de fotógrafos de 12 a 18 anos, com essa impressionante foto de um chapim-real levantando vôo em Suffolk, no leste da Inglaterra. As imagens ganhadoras serão exibidas na Mall Galleries em Londres, do dia 2 a 7 de setembro antes de partirem para um tour nacional.

As melhores fotos da natureza e suas lindas paisagens


 

natureza-fote-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem naturezafoto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem natureza-foto-imagem