Fenômeno – Lago de sangue – Bactéria Chromatiaceae deixa a água do reservatório O.C. Fisher no Texas

foto-reservatorio-no-texas-agua-vermelha-bacteria-chromatiaceae-imagem

O fenômeno é inédito: do dia para a noite, a água do reservatório O.C. Fisher, no Texas (EUA), ficou vermelho sangue. Até então, o lago era normal como qualquer outro, de cor azul e repleto de peixes. Mas, há pouco mais de dois anos, o local – que fica dentro do Parque Estadual de San Angelo – começou a sofrer um período de seca que fez com que parte da água secasse. E então, em poucas horas, ela ficou completamente vermelha.

foto-reservatorio-no-texas-agua-vermelha-bacteria-chromatiaceae

O caso virou um mistério na cidade e a população passou a achar que era um sinal do fim dos tempos, que o apocalipse estava próximo. Muitas famílias chegaram, inclusive, a sair da região ou estocar comida esperando o pior.

Até que veio a explicação científica: por conta da seca, que não cessou, houve uma proliferação muito rápida da bactéria Chromatiaceae, que é de cor vermelho-sangue e se reproduz em águas com pouco oxigênio. Por conta disso, o lago ganhou o apelido de “Blood Lake” (Lago de Sangue). Desde então, o problema só se agravou e, recentemente, a reserva secou por completo

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Deixe um Comentário

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Please type the characters of this captcha image in the input box

NOTA - Você pode usar estesHTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>