Arquivos de Categorias: Homem

Beleza única dos albinos

Yulia Taits é uma fotógrafa russa que mora em Israel desde 1995. Recentemente, ela teve a ideia de fazer um projeto apenas com pessoas albinas, por considerá-las de uma beleza hipnotizante. Como resultado, a série intitulada “Porcelain Beauty” ressalta a beleza em meio a cenários mágicos, usando animais e objetos brancos para aumentar o clima de encantamento. Confira:

foto-imagem-albinos foto-imagem-albinos foto-imagem-albinos foto-imagem-albinos foto-imagem-albinos foto-imagem-albinos foto-imagem-albinos foto-imagem-albinos foto-imagem-albinos foto-imagem-albinos foto-imagem-albinos

Pessoas que definitivamente não ligam para a opinião dos outros

Algumas pessoas realmente não se importam com o que os outros pensam a seu respeito

foto-imagem-pessoas

Tem adoentado que não abre mão da sua dieta calórica

foto-imagem-pessoas

Hipster lançando novos meios de transporte no espaço urbano

foto-imagem-pessoas

Apressadinho sem a mínima noção de espaço

foto-imagem-pessoas

Gatófilo que coloca o bichano literalmente em primeiro lugar

foto-imagem-pessoas

Explorador que invade a toca de urso sem a menor cerimônia

foto-imagem-pessoas

E costureiro com um gosto bem peculiar na hora de confeccionar suas roupas

foto-imagem-pessoas

Em alguns casos, as pessoas encontram alternativas pouco usuais para solucionar seus problemas

foto-imagem-pessoas

Em outros, confundem nosso cérebro de uma maneira jamais vista

foto-imagem-pessoas

Não podemos nos esquecer dos bons netinhos, que gostam de divulgar as habilidades manuais da avó

foto-imagem-pessoas

Do casal que achou brilhante a ideia de tomar banho em público

foto-imagem-pessoas

Da senhorinha que não dispensa uma vida saudável e um bom drink

foto-imagem-pessoas

E desta mulher, que descobriu uma forma econômica de transportar seu cachorro

foto-imagem-pessoas

Sim… Algumas pessoas literalmente não dão a mínima para o que os outros vão pensar

foto-imagem-pessoas

Mas certas estão elas, que levam a vida bem de boas

foto-imagem-pessoas

Entre dois mundos, registros impressionantes entre a água e o ar

Alguns profissionais são especialistas em registrar imagens embaixo da água, outros preferem terra firme. Porém, há os que gostam de se aventurar entre a linha que divide o mar e o ar. Um dos truques para tirar fotografias como essas é encontrar coisas atrativas tanto dentro da água quanto fora.

Além disso, é preciso que existam boas condições de visibilidade, com muita luz. Aí, é só escolher o seu ponto de foco, usar uma pequena abertura e uma alta velocidade no obturador!

Você está pronto? Confira os resultados:

foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos

World Press Photo – O prêmio de fotografia é um dos mais prestigiosos do mundo – Veja os vencedores da edição de 2016

Foto de Warren Richardson em fronteira sérvia tem tema marcante de 2015.
Brasileiro Mauricio Lima ficou com o 1º lugar na categoria ‘Notícias Gerais’.

world-press-photo-2016-foto-do-ano

Imagem eleita ‘foto do ano’ mostra bebê em fuga de migrantes rumo à Europa (Foto: Warren Richardson/World Press Photo 2016)

O prêmio de fotografia World Press Photo, um dos mais prestigiosos do mundo em fotojornalismo, divulgou nesta quinta-feira (18) seus vencedores da edição 2016 – que leva em conta fotos feitas ao longo do ano anterior.

A foto do ano foi para o australiano Warren Richardson, com uma imagem que mostra um bebê de família migrante sendo passado por baixo de uma cerca de arame farpado na fronteira entre Hungria e Sérvia, em agosto de 2015. A cena também levou o 1º lugar na categoria “Notícias Factuais”.

 

O brasileiro Mauricio Lima, que trabalha como freelancer para o jornal americano “The New York Times” e para outras publicações, foi o vencedor com a melhor foto na categoria “Notícias Gerais”, com a imagem de um médico tratando as queimaduras de um jovem combatente do Estado Islâmico de 16 anos de idade perto de Hasaka, na Síria.

world-press-2016-mauricio-lima-vencedor-categoria-noticias-gerais

Foto do brasileiro Mauricio Lima, vencedora na categoria ‘Notícias Gerais’, mostra jovem integrante do Estado Islâmico ferido em combate na Síria (Foto: Mauricio Lima/World Press Photo 2016)

Outra imagem do brasileiro também aparece entre as vencedoras. A cena de crianças de uma tribo munduruku saltando no rio Tapajós em Itaituba (PA) foi eleita a 2ª melhor foto na categoria “Vida Diária”.

world-press-2016-mauricio-lima-2-melhor-categoria-vida-diaria

Foto de crianças indígenas brasileiras saltando em rio foi eleita a 2ª melhor na categoria ‘Vida Diária’ (Foto: Mauricio Lima/World Press Photo 2016)

O júri do prêmio chegou aos vencedores após avaliar 82.951 fotos de 5.775 fotógrafos que se inscreveram no concurso. As inscrições vieram de 128 países diferentes.

Todas as imagens e séries premiadas podem ser vistas na página do World Press Photo. Veja abaixo imagens vencedoras em outras categorias.

nuvem-tsunami-categoria-natureza

Formação de uma ‘nuvem tsunami’ na praia de Bondi, em Sydney, enquanto uma banhista lê um e-book foi a vencedora na categoria ‘Natureza’ (Foto: Rohan Kelly/World Press Photo 2016)

fumaca-fabricas-ganhadora-categoria-vida-diaria-foto

Chineses empurrando um carrinho em bairro vizinho a uma usina termoelétrica abastecida por carvão em Shanxi, na China, foi eleita a melhor foto na categoria ‘Vida Diária’ (Foto: Kevin Frayer/World Press Photo 2016)

crianca-saco.-vencedora-categoria-pessoasjpg

Imagem de uma criança coberta por uma capa de chuva à espera em fila de registro de refugiados em um campo de Presevo, na Sérvia, foi eleita melhor foto na categoria ‘Pessoas’ (Foto: Matic Zorman/World Press Photo 2016)

orangotango-grito-premio-categoria-natureza-foto

Orangotango grita ameaçando outro macho que se aproxima na floresta de Batang Toru, na Indonésia. Série que retrata as dificuldades na sobrevivência da espécie levou o prêmio de melhor história na categoria ‘Natureza’ (Foto: Tim Laman/World Press Photo 2016)

poluicao-categoria-assuntos-contemporaneos-foto

Prédios de Tianjin, no norte da China, são vistos sob espessa camada de poluição, na foto eleita vencedora na categoria ‘Assuntos Contemporâneos’ (Foto: Zhang Lei/World Press Photo 2016)

esqui-acidente-categoria-foto-esportes

O esquiador tcheco Ondrej Bank voa após batida durante campeonato em Colorado, nos EUA, em foto que ficou com o 1º lugar na categoria ‘Esportes’ (Foto: Christian Walgram/World Press Photo 2016)

vulcao-raio-3-melhor-categoria-natureza-foto

O vulcão de Colima, no México, expele lava e nuvem de cinzas que gera raios durante a noite no município de Colima, na foto eleita 3ª melhor na categoria ‘Natureza’ (Foto: Sergio Tapiro/World Press Photo 2016)

militares-estupro-vencedor-categoria-projetos-de-longo-prazo-foto

Série que mostra histórias de mulheres que foram vítimas de estupro ou violência sexual durante o serviço militar nos EUA levou o 1º lugar na categoria ‘Projetos de Longo Prazo’ (Foto: Mary F. Calvert/World Press Photo 2016)

Grande vencedora

A “foto do ano”, imagem em preto e branco intitulada “Esperança de uma nova vida”, foi feita pelo fotógrafo independente Warren Richardson na noite de 28 de agosto de 2015, quando alguns refugiados tentavam entrar na Hungria.

A foto é “poderosa por sua simplicidade”, disse o presidente do júri e diretor de fotografia da AFP, Francis Kohn. “Vimos esta foto cedo [no processo de seleção] e soubemos que era uma imagem importante”.

Para Huang Wen, membro do júri e diretor de desenvolvimento de novas mídias da agência chinesa Xinhua, a foto é “perturbadora”. “Você observa a ansiedade e a tensão de forma sutil. A imagem mostra a emoção e os sentimentos de um pai que tenta introduzir o filho no mundo ao qual deseja pertencer”.

Na noite da foto, depois de passar cinco dias acampado com os refugiados, Warren Richardson viu a chegada de quase 200 pessoas que se deslocavam escondidas entre as árvores, ao longo da linha de fronteira. Primeiro fizeram passar as mulheres e as crianças, depois os pais de família e os idosos.

“Brincamos de gato e rato com a polícia a noite toda”, disse o fotógrafo, citado no comunicado da World Press Photo.

“Eram três da manhã quando fiz a foto. Não podia usar o flash, porque a polícia tentava encontrar estas pessoas. Aproveitei apenas a luz da lua”, explicou o australiano.

Um Encontro de Culturas Cria uma nova visão de uma Tradição Tribal

foto-imagem-tribo

Nós clicado em um museu aleatório, no meio de um apagão, em um dia chuvoso”, diz Roberto Falck de conhecer John Walters, um voluntário no Museu McCarthy em Goroka, Papua Nova Guiné. Falck, um fotógrafo de retratos, estava no país para continuar a exploração visual decadelong que o tinha levado a lugares como Equador, Marrocos e Quénia, fazer fotografias que transmitem a beleza estética de tradições tribais. Naquela tarde, ele se escondeu no pequeno museu etnográfico de fazer uma pausa de suas viagens.

foto-imagem-tribo

foto-imagem-tribo

Idéias foram produzindo na cabeça de Falck de ter passado um par de dias em uma aldeia Chimbu nas proximidades. O Chimbu têm uma tradição de pintar-se como esqueletos como um modo de intimidação psicológica, e eles são muitas vezes fotografado. Graças a uma introdução de um guia de turismo local, membros da tribo tinha oferecido para vestir sua pintura corporal e posar para Falck, e as filmagens tinha começado seus criatividade sucos fluindo. Mas ele queria levar suas idéias adiante. E se, em vez de fotografar uma tradição que já existia, ele pegou elementos dele e criou algo novo?

foto-imagem-tribo

Falck foi o único visitante no museu, mas Walters ofereceu para mostrar-lhe em torno de qualquer maneira. Os dois começaram a conversar. Falck compartilhado o que tinha feito com a série esqueleto e conversou com o que ele estava pensando em outra, mesmo que naquele momento ele não tinha certeza de como retirá-la.”Nós tivemos um jogo de energias quando colocamos nossas cabeças juntas”, diz Falck. Walters ofereceu para ajudar, efetivamente tornando-se produtor no local da Falck.

Walters contou com a ajuda de sua comunidade nos arredores de Goroka, onde mais membros da tribo Chimbu viveu. Sua esposa sugeriu que eles configurar o tiro em seu quintal, onde havia uma árvore por um ponto de vantagem em cima.Vizinhos trouxe lençóis, que eles pendiam dos ramos para criar luz suave no chão.Um amigo de Walters encontrou os modelos, a quem Falck contratados. Uma multidão se reuniu para assistir. “Tornou-se um evento que estávamos fazendo no meio desta pequena cidade”, diz Falck.

foto-imagem-tribo

foto-imagem-tribo

Os modelos se pintaram utilizando os materiais do Chimbu utilizam para consumo tradicionais esqueleto projetos-argila das margens do rio local e cinzas de madeira queimada misturado com água. Com Walters agindo como um tradutor, Falck dirigiu os modelos para organizar seus corpos em diferentes configurações, usando as formas de seus corpos como um guia. “Era uma espécie de um processo criativo em movimento”, diz Falck. “Eu sempre fui interessado em formas e como eles vêm juntos. Era quase como um quebra-cabeça [humana]. ”

foto-imagem-tribo

foto-imagem-tribo

Enquanto Falck tem experiência tanto produzir brotos de belas artes em casa em Nova York e fazer retratos ambientais em suas viagens, este intercâmbio cultural improvisada foi inspirador e inesperado. “Criar algo novo neste mundo é difícil. É quase sempre uma coisa one-man. Existem coisas que você pode fazer com diferentes culturas, independentemente de etnia, língua, geografia-a colaborar. “

Black-Hat Dancer

foto-imagem-mongeUm monge faz uma pausa para respirar antes de dançar para a multidão no Black-Necked guindaste Festival anual no centro de Bhutan. O festival celebra “a migração auspicioso do guindaste de pescoço preto em extinção do Tibete para Butão nos meses de inverno”, escreve seu membro tiro Vincent Roazzi, que capturou o monge antes do baile black-hat tradicional no Mosteiro Gangtey. “Eu tentei encontrar uma perspectiva única sobre as danças festival, indo atrás das cenas e se aventurar no interior Gangtey Mosteiro, onde encontrei os monges que se preparam figurinos intricados para danças de máscaras”, escreve ele.

Artista britânico Adrian Gray, cria esculturas com pedras

foto-imagem-artista-britanico

Quando o britânico Adrian Gray, de 54 anos, ficou doente, ele criou uma forma inusitada de terapia.

“Passava horas passeando pela praia e equilibrando rochas”, conta ele.

Hoje, com uma técnica aperfeiçoada ao longo de “milhares de horas”, ele transformou este hobby em arte.

Gray cria esculturas inusitadas que desafiam a gravidade ao sobrepôr pedras que se mantêm de pé graças a um fino equilíbrio.

“Quero deixar as pessoas boquiabertas com minhas obras”, afirma.

Desafio único

foto-imagem-artista-britanico foto-imagem-artista-britanico

Seus mais recentes trabalhos foram feitos ao longo de um mês na Ilha de Man, no Reino Unido, e registrados pelo fotógrafo Mikael Buck.

O governo da ilha o contratou depois de sua arte ser tema de um programa de televisão.

“Nossa ilha tem locais muito bonitos, e queríamos chamar atenção para eles de uma forma nova e diferente”, diz a chefe do departamento de turismo local, Angela Byrne.

foto-imagem-artista-britanico foto-imagem-artista-britanico

Gray explica que cada escultura representa um desafio único que demanda entender “a distribuição de peso, o formato e a interação particulares de cada rocha”.

Por motivos de segurança, todas as esculturas criadas por ele na Ilha de Man foram removidas após serem fotografadas.

A exceção foi uma transformada em uma obra permanente no parque Curraghs Wildlife, no norte da illha.

foto-imagem-artista-britanico

26 famosos a serem detidos por uso de drogas, bater em mulher, briga, dirigir em alta velocidade, etc

1. O ator Matthew McConaughey já foi preso após seu vizinho ligar para a polícia o acusando de fumar maconha, tocar bongo e dançar pelado.foto-imagem-famosos2. Companheiro de McConaughey na série policial True Detective, Woody Harrelson já teve algumas passagens pela prisão. Os motivos foram variados, como plantar maconha e escalar a ponte Golden Gate em um protesto político. foto-imagem-famosos3. O fundador da Microsoft, Bill Gates, já teve alguns problemas com a lei. Ele foi detido em 1976, por dirigir em alta velocidade e não portar documentos. foto-imagem-famosos4. O ator Robert Downey Jr., conhecido por seu papel como Homem de Ferro, foi preso por porte de drogas, em 1999. foto-imagem-famosos5. Johnny Depp foi detido após detonar um quarto em que estava hospedado. Segundo o ator, ele tentava matar uma barata. foto-imagem-famosos6. A atriz Reese Witherspoon já foi parar na cadeia por discutir com um policial em uma blitz, em 2013. O motivo? Seu marido foi parado por dirigir embriagado. foto-imagem-famosos7. Até o famoso Cake Boss, Buddy Valastro, já foi fichado por dirigir embriagado. foto-imagem-famosos8. Em 1998, os atores Vince Vaughn, Steve Buscemi e o roteirista Scott Rosenberg se envolveram em uma briga de bar e acabaram detidos. Buscemi ainda teve que ser encaminhado ao hospital por ter levado uma facada. foto-imagem-famosos foto-imagem-famosos9. Russell Crowe ficou irritado ao não conseguir realizar uma ligação do hotel em que estava hospedado e resolveu arrancar o aparelho e arremessar no rosto de um funcionário.  foto-imagem-famosos10. O ator Sean Penn já foi em cana por duas vezes. A primeira, em 1986, por agredir um fotógrafo e a segunda, em 2009, por ter brigado com um paparazzo.  foto-imagem-famosos11. Em 2008, no período de estreia de Batman – O Cavaleiro das Trevas, Christian Bale, que interpretava o papel principal do filme, foi preso depois que a mãe e a irmã o acusaram de violência doméstica. foto-imagem-famosos12. A cantora Christina Aguilera foi pega com seu namorado, em 2011, usando substâncias tóxicas em público. foto-imagem-famosos13. Charlie Sheen tem uma pequena lista de acusações. O ator do seriado Two and a Half Man  já foi detido por violência doméstica e por dirigir embriagado e drogado. Mas passa longe do histórico de seu pai, Martin Sheen, que já foi para a cadeia 66 vezes! foto-imagem-famosos14. O lutador Mike Tyson conheceu a cadeia bem cedo. Com apenas 13 anos, ele já havia estado nela 38 vezes! Hoje, já alcança o número impressionante de 45 passagens pela polícia, uma delas pelo estupro Miss Black Rhode Island. foto-imagem-famosos15. Snoop Dog, famoso rapper, já foi parar na prisão por posse de drogas, porte de armas, invasão de propriedade e por briga com uma gangue rival.  foto-imagem-famosos16. A atriz Carmen Electra e seu marido foram presos por agredir um ao outro.  foto-imagem-famosos17. A cantora Fiona Apple foi acusada de posse ilegal de drogas em 2012, durante uma turnê no Texas. foto-imagem-famosos18. O ator Mel Gibson foi pego por dirigir embriagado e discutir com os policiais. Em outra situação, Gibson foi acusado de violência doméstica.
foto-imagem-famosos 19. Em 1995, o ator Hugh Grant foi flagrado em meio a um ato sexual com uma prostituta, em uma estrada de Los Angeles. 20. O ator Keanu Reeves, da trilogia Matrix, já havia sido preso em 1993 por dirigir perigosamente e, em 2001, por tentativa de homicídio, ao quase atropelar um fotógrafo. foto-imagem-famosos foto-imagem-famosos21. Micha Barton, a Marissa de The O.C., teve que pagar 10 mil dólares para não continuar detida após ser flagrada dirigindo embriagada.foto-imagem-famosos22. Kiefer Sutherland, o agente policial na série 24 Horas, já foi detido por duas vezes. A primeira por dirigir embriagado e, posteriormente, por bater no estilistaJack McCollough.
foto-imagem-famosos23. O baterista do ACDC, Phil Rudd, foi preso acusado de encomendar a morte de dois homens.
foto-imagem-famosos24. A atriz Winona Ryder foi condenada a três anos por roubar roupas e acessórios de uma loja. Porém, conseguiu liberdade condicional, cumprindo 480 horas de serviço comunitário, e pagou US$ 3.700 em multas e US$ 6.355 para a loja.
foto-imagem-famosos25. A atriz Amanda Bynes, famosa por filmes para adolescentes, já foi para a prisão três vezes: por dirigir embriagada, bater em um carro da polícia e posse de drogas. foto-imagem-famosos26. Chace Crawford, ator da série “Gossip girl”, foi acusado formalmente por posse de maconha em 2010. foto-imagem-famosos

Fotos antigas antes da década de 1970 recebem cores

Antes da década de 1970, fotografias coloridas eram um artigo de luxo. Por isso mesmo, muitos dos momentos mais marcantes da nossa história acabaram sendo registrados apenas em preto e branco. As fotos abaixo foram coloridas para nos ajudar a visualizar como era o mundo que nós só conhecemos em escala de cinza.Antes da década de 1970, fotografias coloridas eram um artigo de luxo. Por isso mesmo, muitos dos momentos mais marcantes da nossa história acabaram sendo registrados apenas em preto e branco. As fotos abaixo foram coloridas para nos ajudar a visualizar como era o mundo que nós só conhecemos em escala de cinza.

Claude Monet em 1923

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Times Square, 1947 foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Winston Churchill, 1941

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Meninas entregando gelo, 1918

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Meninas entregando gelo, 1918

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Meninas entregando gelo, 1918

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Meninas entregando gelo, 1918

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Meninas entregando gelo, 1918

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Meninas entregando gelo, 1918

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Meninas entregando gelo, 1918

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Meninas entregando gelo, 1918

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Albert Einstein em uma praia de Long Island em 1939

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Audrey Hepburn

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Soldados do Exército da União, da Guerra Civil Americana, fazem uma pausa, em 1863

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Charles Darwin

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Soldados da Segunda Guerra Mundial na Páscoa

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Elizabeth Taylor em 1956

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

O saxofonista Big Jay McNeely toca no Olympic Auditorium, em Los Angeles, em 1953

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Louis Armstrong praticando nos bastidores em 1946

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Uma estação de abastecimento de Washington, D.C. em 1924

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Dois pugilistas depois de uma luta

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Sophia Loren e Jayne Mansfield

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Irmãos Robert Kennedy, Edward “Ted” Kennedy e John F. Kennedy do lado de fora do Salão Oval

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Henry Ford, 1919

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Um acidente de carro em Washington, D.C., por volta de 1921

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Abraham Lincoln com o Major General McClernand e Allan Pinkerton, em Antietam, em 1862

foto-imagem-fotos-do-seculo-passado

Cenote Sunlit

foto-imagem-mexico-mangroves-cenote“Timed direito, mergulho um cenote pode ser uma experiência verdadeiramente mágico, extremamente gratificante e, ao contrário da maioria dos outros aventuras de mergulho”, escreve Terry Steeley , um membro da nossa comunidade Seu tiro que mergulhou na península mexicana de Yucatán. “Eu tinha mergulhado muitas vezes no cenote Taj Mahal, mas hoje foi diferente: Navegando meu caminho através dos túneis em buraco de Bill fornecido um verdadeiro deleite. A caverna intimamente iluminado em camadas contra energicamente dançando feixes de luz foi de tirar o fôlego. Na verdade, um mergulho muito especial. “