Arquivos de Categorias: Arquitetura

SACANAGEM! OLHA A PEGADINHA QUE ARMARAM EM PLATAFORMA DE VIDRO NA CHINA

Imagine que você, turistando pelo mundo, decide fazer um passeio por uma incrível plataforma transparente instalada no alto de um imenso paredão rochoso. Então, enquanto você está lá, de boa, apreciando a vista de tirar o fôlego de uma altura vertiginosa, você percebe que o piso sob os seus pés começa a trincar a cada movimento seu. Já pensou no desespero que você certamente sentiria?

Baita susto!

Pois existe uma plataforma com essas características instalada nas Montanhas Taihang, situadas na Província de Hebei, na China. A passarela tem mais de 260 metros de extensão, fica a mais de 1,1 mil metros acima do nível do mar e foi construída com painéis reforçados capazes de suportar até 800 quilos por metros quadrado. No entanto, de acordo com Allee Manning, do site Inverse, um time de engenheiros achou que seria hilário armar uma pegadinha no local!

Os caras instalaram sensores entre os painéis que, quando detectam o peso de alguém sobre o piso, desencadeiam um efeito especial pra lá de realista que dá a impressão de que a plataforma está trincando — e que, ao mais mínimo movimento, vai quebrar. Como você pode imaginar, a brincadeira pegou bastante gente desprevenida, e não faltou quem quase morreu de susto. É claro que algumas das reações foram capturadas em vídeo e, como a galera adora uma zoeira, o clipe já tem mais de 1,6 milhão de visualizações. Dê só uma olhada:

Segundo as informações do vídeo acima, o passeio pela plataforma não oferece riscos, e os painéis são checados diariamente pelo pessoal da manutenção para garantir que está tudo em ordem e que os visitantes possam desfrutar da atração em segurança. Contudo, segundo Allee, depois de ver as reações de algumas das vítimas que caíram na pegadinha — como a do pobre guia turístico do clipe —, as autoridades locais divulgaram um pedido de desculpas e avisaram que serão instalados avisos na passarela para que ninguém morra do coração lá em cima.

Empresa lança versão luxuosa do Nokia 3310 para homenagear Trump e Putin

A Caviar é uma empresa russa bastante conhecida não por criar seus próprios produtos, mas sim por customizar equipamentos de terceiros, em especial smartphones e outros dispositivos mobile. Agora, a companhia que já trouxe ao mundo o vistoso iPhone 6s Pokémon GO Edition resolveu levar a ousadia a um novo patamar ao criar uma edição megaluxuosa do novo Nokia 3310 homenageando duas figuras bastante polêmicas: Donald Trump e Vladimir Putin.

Sim, a ideia aqui parece ser aproveitar a fama e toda a controvérsia em cima do nome dos presidentes dos EUA e da Rússia para criar um hype poderoso em cima do aparelho. Para criar ainda mais furor e inflamar a opinião pública, a marca resolveu lançar seu Nokia 3310 Putin-Trump Summit durante a reunião do G20 na Alemanha. O encontro começa nesta sexta-feira (7), em Hamburgo, e vai até o sábado, trazendo representantes das principais potências mundiais para debater política e economia ao redor do globo.

Claro que, por tratar de tópicos sensíveis e apresentar figuras bastante polarizadoras do cenário político, o evento atrai protestos, críticos e uma cobertura ampla da mídia. Será que existe uma data melhor para trazer à tona um produto não inusitado? Possivelmente, não! Segundo a Caviar, no entanto, essa versão customizada do feature phone é uma forma de celebrar a aliança entre ambos os presidentes e mostrar que a dupla compartilha um desejo de “progresso para as relações entre EUA e Rússia”.

Sendo assim, o Nokia 3310 temático não economiza em praticamente nenhum aspecto. Para começar, o dispositivo ganhou um corpo em titânio com uma pintura que lembra o padrão encontrado no aço de damasco. O destaque do projeto, no entanto, fica para a parte traseira do gadget, que traz uma moeda comemorativa dourada com a figura dos dois chefes de estado e uma placa registrando a data do encontro. O precinho de toda essa ostentação? Nada menos que US$ 2,5 mil (R$ 8,2 mil) – um valor 50 vezes maior que o do celular original.

Imagens intrigantes que desafiam a compreensão humana

foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia

7 piscinas mais ousadas do mundo

Marina Bay Sands, em Singapura

foto-imagem-piscinas

No topo do hotel Marina Bay Sands, em Singapura, a piscina mais alta do mundo fica a 57 andares do chão e tem vista privilegiada para o skyline da cidade.

Hierve el Agua, no México

foto-imagem-piscinas

No México, as piscinas naturais e artificiais da formação Hierve el Agua têm vista para o vale Oaxaca.

InterContinental Dubai Festival City, nos Emirados Árabes Unidos

foto-imagem-piscinas

No InterContinental Dubai Festival City, em Dubai, uma piscina de vidro fica suspensa na lateral do prédio.

Belmond Hotel Caruso, na Itália

foto-imagem-piscinas

No Belmond Hotel Caruso, na Costa Amalfitana, na Itália, a borda infinita da piscina se mistura com a paisagem natural.

Homestead Crater, nos Estados Unidos

foto-imagem-piscinas

Em Utah, nos Estados Unidos, o Homestead Resort inlcui a cratera Homestead Crater, um manancial geotermal que é o único lugar no país onde se pode mergulhar em águas quentes.

Hanging Gardens of Bali, na Indonésia

foto-imagem-piscinas

Acima desta floresta tropical, a piscina do resort Hanging Gardens of Bali tem linhas e cores que evocam a natureza.

Hotel Indigo Hong Kong, na China

foto-imagem-piscinas

Na China, uma parte da piscina do topo do Hotel Indigo Hong Kong tem lateral de vidro e fica suspensa da lateral do prédio.

Um olhar fresco

foto-imagem-Nova-Iorque,

Nesta imagem, exposição única apresentada pelo seu membro do tiro Dave Paek, o horizonte de Nova Iorque, incluindo o One World Trade Center, é visto de novo através do vitral colorido de uma instalação de arte em DUMBO, Brooklyn. Um ex-distrito de fabricação, DUMBO (um acrônimo para baixo sob a ponte de Manhattan Viaduto) é agora conhecido por suas artes próspera e cena cultural.

As escadas mais sinistras do mundo

Ao longo de nossas vidas, vamos tendo contato, conhecendo e explorando muitas coisas com as quais desfrutamos de interações variadas, sejam elas boas ou ruins. Com as experiências, surgem os medos, as aversões, os traumas etc., e algo que pode marcar a sua vida de forma negativa (ou positiva) são as escadas.

Elas são grandes coadjuvantes da vida de todos nós: nos fazem “subir na vida”, mas também têm o poder de nos fazer “descer”. Algumas vezes, de forma tão abrupta que jamais vemos qualquer degrau com os mesmos olhos. Elas podem ser o terror de alguns moradores de altos edifícios em dias sem energia elétrica, mas também podem simbolizar uma conquista, um feito.

foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas foto-imagem-escadas

Veja profundidade em uma imagem 2D

Patrick Hughes é um artista britânico responsável pela obra “Superduperperspective”, que está em exposição na galeria de arte Birmingham, na Inglaterra. A pintura, uma ilusão de ótica, está ganhando destaque por forçar o seu olho a ver profundidade em uma imagem 2D.

foto-imagem-2d

Se a pessoa olhar o quadro de frente, verá apenas três corredores comuns. Mas quando o espectador se move para a esquerda ou para a direita, vê a mágica acontecer!

foto-imagem-2dfoto-imagem-2d

No mundo da ilusão ótica, este tipo de fenômeno é conhecido como “reverspective”, um termo inventado por Hughes para se referir a um objeto que parece estar longe, mas, na verdade, está em primeiro plano. Outro exemplo desse tipo de obra é o “Illusion Dragão”, em que o olhar do animal segue o observador ao redor da sala, acompanhando os seus movimentos.

foto-imagem-2DA magia do “reverspective” é que esse tipo de trabalho força o seu olho a ver uma perspectiva que não está lá. Quando as linhas angulares convergem para um ponto de fuga, percebemos a profundidade. Hughes trabalha com as formas e os tamanhos das imagens planas, fazendo com que certas coisas pareçam estar mais longe do que outras.

 

Vista impressionante

foto-imagem-bela-imagem

Raio atinge além da borda do Horseshoe Canyon do Arizona neste quadro apresentado por J. Cho. “É incrível e belo”, Cho escreve, observando que o movimento da tempestade no fundo faz a cena viva. Localizado dentro de Glen Canyon National Recreation Area, o site é nomeado para a curva distintivo do rio Colorado, que corre a mil pés abaixo do topo das falésias.

Destaques aéreos incrível do Concurso de Fotografia do Nat Geo Traveler 2015

A 27 anual do Concurso de Fotografia National Geographic Traveler começou dia 7 de abril categorias oficiais incluem: Retratos de Viagem; Cenas ao ar livre; Sense of Place; e momentos espontâneos.

Nossos amigos da National Geographic foram tipo suficiente para deixar-nos compartilhar uma outra galeria de submissões stand-out já recebeu, desta vez focado em fotografias aéreas tiradas de helicópteros, aviões e até mesmo com drones. Prémios de participação incluem:

foto-imagem-paisagem
A vista panorâmica de campos de tulipas perto de Voorhout em Holanda, fotografado com um drone em abril 2015

foto-imagem-paisagem

Eu estava em um emprego em WA e tinha vindo a fazer um monte de trabalho aéreo, enquanto em um barco no Kimberley.Quando voltei para o continente eu tinha sido agendada uma alegria voo para as fazendas de ostras e felizmente teve o mesmo piloto. Uma vez que já se conheciam, Guy sugeriu voando sobre um campo que geralmente tem cavalos selvagens.Quando nos aproximamos tudo veio muito bem juntos, correram selvagem através do pântano e eu bati de distância. Não a minha imagem mais nítida, mas esta foto é tudo que eu amo sobre a fotografia.

foto-imagem-paisagem

Durante uma oficina eu ter tomado uma viagem de fotografia aérea a captura do Rio de Þjórsá maior rio na Islândia via aérea.

foto-imagem-paisagem

A névoa cobriu o Cemoro Lawang quando o sol nasce através da névoa da manhã

foto-imagem-paisagem

Foto aérea tirada de um helicóptero sobre Sydney Harbour, casa de ópera e da cidade

foto-imagem-paisagem

Esta onda está situado perto da CBD de Sydney. Alguns descrevem-no como a onda mais perigosa na Austrália, devido à quebra nas rochas craca cobertos apenas alguns pés de profundidade e apenas dez metros da face do penhasco. Se você cair, você poderia encontrar-se em uma situação de vida e morte. Esta fotografia foi tirada a 300 pés directamente acima da onda a partir de um helicóptero, assim como o surfista está puxando sob o lábio do barril.

foto-imagem-paisagem

Incrivelmente bela e extremamente remota. Koehn Lake, Deserto de Mojave, na Califórnia. Imagem aérea.

foto-imagem-paisagem

Foto aérea de pessoas que nadam em uma associação da rocha na costa perto de Sydney, Austrália

foto-imagem-paisagem

Vista aérea de elefantes africanos (Loxodonta africana), na planície de inundação, Delta do Okavango, Botswana. O Delta do Okavango é o lar de uma rica variedade de vida selvagem. Elefantes, búfalos do Cabo, hipopótamo, impala, zebras, gnus e lechwe são apenas alguns dos grandes mamíferos podem ser encontrados em abundância, atraindo predadores, como leões, leopardos, cães selvagens Africano, chita e crocodilo.

foto-imagem-paisagem

Uma pequena surpresa para mim mesmo para trabalhar e estudar muito, reservei um aventura bonito Hamilton Island, que me levou para a Grande Barreira de Corais. Buscando sempre a foto perfeita Eu não podia resistir a ver esta bela maravilha natural por via aérea. Meu maior desejo é que nós proteger o recife de decadência, de modo que muitas gerações continuarão a se maravilhar com sua beleza.

Varlaam Monastery, Grécia

foto-imagem-grecia“Quando as pessoas pensam da Grécia, eles pensam da Acrópole em Atenas, ou talvez o Templo de Delphi”, escreve seu membro tiro Gary Arndt. “Esses lugares são certamente grande, mas … quando eu penso da Grécia agora penso de Meteora. Os mosteiros ortodoxos gregos na região são todos de cair o queixo. Você não pode ajudar, mas pergunto como [in] o mundo dos mosteiros foram construídos , e muito menos como alguém foi capaz de subir para as rochas para começar “.