Arquivos de Categorias: Animais

Fotos de animais descontraído

Não só de imagens bonitas e fofinhas da natureza vivem os concursos fotográficos: todos os anos, o Comedy Wildlife Photography Awards elege as cenas mais engraçadas e inusitadas da vida selvagem. A premiação, idealizada pelo fotógrafo Paul Joynson-Hicks, tem como objetivo principal incentivar a preservação da fauna terrestre de uma maneira divertida.

Cortes modernos para o seu cão – Sequencia de fotografias mostra cachorros antes e depois de receber aquele trato nos pelos

Grace Chon é uma fotógrafa especialista em animais, capaz de criar séries super fofas e divertidas através dos registros.

Essa sua sequencia de fotos mostra cãezinhos antes e depois de receberem um corte super moderno nos pelos. Olha só:

Periquito com óculos de proteção voa entre lasers em nome da ciência

foto-imagem-periquito

Se você já entrou em um laboratório ou pelo menos viu alguns filmes em que cientistas atuam em seu “habitat natural”, sabe que a segurança é uma das principais preocupações nesses ambientes. Do mesmo modo que os humanos precisam de equipamento de proteção, alguns animais que são objetos de estudo científico também recebem alguns acessórios para garantir a sua integridade. É o caso de um simpático pássaro que ganhou um par especial de óculos para voar no meio de feixes de laser.

Calma não se trata de algum tipo de “Jogos Mortais” com aves ou uma trama maluca de sci-fi, mas sim de um estudo conduzido pela Universidade de Stanford para descobrir como realmente funcionam os padrões de voos do mundo animal. Para levar o projeto adiante, os pesquisadores escalaram o periquito Obi como astro da vez, fazendo com que o bichinho batesse suas asas para circular entre diferentes pontos da sala, com toda a ação sendo registrada por câmeras de alta velocidade que permitiram registrar cada momento do passeio.

foto-imagem-periquito

Para viabilizar a empreitada e criar o ambiente perfeito para os cliques, o local foi pulverizado com uma nevoa fina iluminada por lasers. Com um esquema como esse, as chances eram de que qualquer erro poderia comprometer a visão do passarinho. O jeito encontrado para remediar a situação? Utilizar uma impressora 3D para criar óculos de proteção personalizados para o periquito, claro! Além de deixar Obi extremamente estiloso, o brinquedinho de lentes avermelhadas eliminava qualquer efeito colateral do laser em seus olhos.

“Nós nunca andaríamos no meio de um monte de lasers sem qualquer tipo de proteção. Então, tivemos que realmente pensar em como proteger o pássaro”, explicou David Lentink, um dos professores responsáveis pelo estudo. No fim, o que os cientistas descobriram além do fato de os periquitos ficarem ainda mais bonitos com óculos? Basicamente que boa parte dos modelos de voo utilizado até hoje estão equivocados e que, no mundo real, a movimentação das aves é bem mais complexa do que as fórmulas matemáticas indicam.

A ideia de Lentink e de sua equipe é que, a partir dos dados coletados com Obi, seja possível desenvolver equações mais precisas, que, futuramente, podem acabar viabilizando a construção de asas robóticas consideravelmente mais eficientes e avançadas. Será que os robôs voadores também vão contar com um par de óculos como o do periquito?

Animais que você não vai acreditar que existem

Macaco cinzento de nariz arrebitado

A lém do nome curioso, essa espécie de macaco é marcada por uma curiosidade triste: nos dias de chuva, o Rhinopithecus brelichi espirra muito, o que o torna um alvo fácil para caçadores.

foto-imagem-animais-estranhos

foto-imagem-animais-estranhos

Nariz de tamanduá

Correndo grande risco de extinção, a Saiga, espécie de antílope, é original da zona de estepes da Eurásia.

foto-imagem-animais-estranhos

Peixe-machadinha

Apesar do rosto assustador, esse peixe mede no máximo 12 cm e é totalmente inofensivo.

foto-imagem-animais-estranhos

Cervo vampiro

Pequeno cervo, o hidrópote, ou veado-d’água-chinês, possui caninos tão grandes que ultrapassam o maxilar inferior.

foto-imagem-animais-estranhos

 

Abutre barbudo

Originário das montanhas da Europa, Ásia e África, o Gypaetus barbatus se alimenta quase exclusivamente de ossos, que engole inteiros ou atira no chão durante o voo para chegar à medula óssea.

foto-imagem-animais-estranhos

Mini-helicóptero

Parente das cigarras e dos gafanhotos, o Bocydium globulare vive em terras brasileiras.

foto-imagem-animais-estranhos

Lula com dentes humanos

Fique tranquilo! Isso que você vê não são dentes, mas sim os “lábios” dessa lula rara, chamada Promachoteuthis sulcus.

foto-imagem-animais-estranhos

Morcego nariz de tubo

Encontrado nas Filipinas, esse animal também é conhecido como “Morcego Yoda”. Infelizmente, essa espécie também corre risco de extinção.

foto-imagem-animais-estranhos

Quem vê cara não vê coração

Assim como seu colega peixe-machadinha, o peixe-lobo pode até ter cara de quem apareceria em um filme de terror, mas ele não é feroz. Porém, o tamanho assusta: pode chegar a 5 metros e 40 kg!

foto-imagem-animais-estranhos

Pipa pipa

Presente na América do Sul, a fêmea desse curioso sapo incuba os ovos nas costas.

foto-imagem-animais-estranhos

Lindinho, de boca fechada!

Conhecido como Sarcastic fringehead, o Neoclinus blanchardi é muito territorialista. Se alguém se aproxima,ele já abre uma boca enorme para mostrar que não está de brincadeira!

foto-imagem-animais-estranhos foto-imagem-animais-estranhos

 

Imagens intrigantes que desafiam a compreensão humana

foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia foto-imagem-do-dia

Entre dois mundos, registros impressionantes entre a água e o ar

Alguns profissionais são especialistas em registrar imagens embaixo da água, outros preferem terra firme. Porém, há os que gostam de se aventurar entre a linha que divide o mar e o ar. Um dos truques para tirar fotografias como essas é encontrar coisas atrativas tanto dentro da água quanto fora.

Além disso, é preciso que existam boas condições de visibilidade, com muita luz. Aí, é só escolher o seu ponto de foco, usar uma pequena abertura e uma alta velocidade no obturador!

Você está pronto? Confira os resultados:

foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos foto-imagem-entre-dois-mundos

Foto do dia

foto-imagem-ave

Quietude no Potomac

“Sun raios brilho na névoa”, observa seu membro do tiro Guillermo Olaizola, em torno de uma garça-real que está ainda acima e em contraste com-a turva do rio Potomac em Great Falls Park. As aves são uma visão comum nos 800 acres parque Virginia, um popular local de observação de aves.

 

Cenas épicas que só existiram por 1 segundo

foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas foto-imagem-cenas

Aranha-pavão – Cientistas descobrem novas espécies da deslumbrante “aranha-pavão”

aranha-pavao-foto-imagem
Sete novas espécies de aranha-pavão foram descobertas na Austrália.

Conhecidas por suas cores brilhantes e hábitos marcantes de acasalamento, as pequenas aranhas são mais fofas que assustadoras.
O cientista Jürgen Otto descobriu as criaturas com a ajuda do especialista em aranhas David Knowles.

Ele escreveu um artigo em parceria com David Hill, editor da publicação especializada em aranhas Peckhamia.

World Press Photo – O prêmio de fotografia é um dos mais prestigiosos do mundo – Veja os vencedores da edição de 2016

Foto de Warren Richardson em fronteira sérvia tem tema marcante de 2015.
Brasileiro Mauricio Lima ficou com o 1º lugar na categoria ‘Notícias Gerais’.

world-press-photo-2016-foto-do-ano

Imagem eleita ‘foto do ano’ mostra bebê em fuga de migrantes rumo à Europa (Foto: Warren Richardson/World Press Photo 2016)

O prêmio de fotografia World Press Photo, um dos mais prestigiosos do mundo em fotojornalismo, divulgou nesta quinta-feira (18) seus vencedores da edição 2016 – que leva em conta fotos feitas ao longo do ano anterior.

A foto do ano foi para o australiano Warren Richardson, com uma imagem que mostra um bebê de família migrante sendo passado por baixo de uma cerca de arame farpado na fronteira entre Hungria e Sérvia, em agosto de 2015. A cena também levou o 1º lugar na categoria “Notícias Factuais”.

 

O brasileiro Mauricio Lima, que trabalha como freelancer para o jornal americano “The New York Times” e para outras publicações, foi o vencedor com a melhor foto na categoria “Notícias Gerais”, com a imagem de um médico tratando as queimaduras de um jovem combatente do Estado Islâmico de 16 anos de idade perto de Hasaka, na Síria.

world-press-2016-mauricio-lima-vencedor-categoria-noticias-gerais

Foto do brasileiro Mauricio Lima, vencedora na categoria ‘Notícias Gerais’, mostra jovem integrante do Estado Islâmico ferido em combate na Síria (Foto: Mauricio Lima/World Press Photo 2016)

Outra imagem do brasileiro também aparece entre as vencedoras. A cena de crianças de uma tribo munduruku saltando no rio Tapajós em Itaituba (PA) foi eleita a 2ª melhor foto na categoria “Vida Diária”.

world-press-2016-mauricio-lima-2-melhor-categoria-vida-diaria

Foto de crianças indígenas brasileiras saltando em rio foi eleita a 2ª melhor na categoria ‘Vida Diária’ (Foto: Mauricio Lima/World Press Photo 2016)

O júri do prêmio chegou aos vencedores após avaliar 82.951 fotos de 5.775 fotógrafos que se inscreveram no concurso. As inscrições vieram de 128 países diferentes.

Todas as imagens e séries premiadas podem ser vistas na página do World Press Photo. Veja abaixo imagens vencedoras em outras categorias.

nuvem-tsunami-categoria-natureza

Formação de uma ‘nuvem tsunami’ na praia de Bondi, em Sydney, enquanto uma banhista lê um e-book foi a vencedora na categoria ‘Natureza’ (Foto: Rohan Kelly/World Press Photo 2016)

fumaca-fabricas-ganhadora-categoria-vida-diaria-foto

Chineses empurrando um carrinho em bairro vizinho a uma usina termoelétrica abastecida por carvão em Shanxi, na China, foi eleita a melhor foto na categoria ‘Vida Diária’ (Foto: Kevin Frayer/World Press Photo 2016)

crianca-saco.-vencedora-categoria-pessoasjpg

Imagem de uma criança coberta por uma capa de chuva à espera em fila de registro de refugiados em um campo de Presevo, na Sérvia, foi eleita melhor foto na categoria ‘Pessoas’ (Foto: Matic Zorman/World Press Photo 2016)

orangotango-grito-premio-categoria-natureza-foto

Orangotango grita ameaçando outro macho que se aproxima na floresta de Batang Toru, na Indonésia. Série que retrata as dificuldades na sobrevivência da espécie levou o prêmio de melhor história na categoria ‘Natureza’ (Foto: Tim Laman/World Press Photo 2016)

poluicao-categoria-assuntos-contemporaneos-foto

Prédios de Tianjin, no norte da China, são vistos sob espessa camada de poluição, na foto eleita vencedora na categoria ‘Assuntos Contemporâneos’ (Foto: Zhang Lei/World Press Photo 2016)

esqui-acidente-categoria-foto-esportes

O esquiador tcheco Ondrej Bank voa após batida durante campeonato em Colorado, nos EUA, em foto que ficou com o 1º lugar na categoria ‘Esportes’ (Foto: Christian Walgram/World Press Photo 2016)

vulcao-raio-3-melhor-categoria-natureza-foto

O vulcão de Colima, no México, expele lava e nuvem de cinzas que gera raios durante a noite no município de Colima, na foto eleita 3ª melhor na categoria ‘Natureza’ (Foto: Sergio Tapiro/World Press Photo 2016)

militares-estupro-vencedor-categoria-projetos-de-longo-prazo-foto

Série que mostra histórias de mulheres que foram vítimas de estupro ou violência sexual durante o serviço militar nos EUA levou o 1º lugar na categoria ‘Projetos de Longo Prazo’ (Foto: Mary F. Calvert/World Press Photo 2016)

Grande vencedora

A “foto do ano”, imagem em preto e branco intitulada “Esperança de uma nova vida”, foi feita pelo fotógrafo independente Warren Richardson na noite de 28 de agosto de 2015, quando alguns refugiados tentavam entrar na Hungria.

A foto é “poderosa por sua simplicidade”, disse o presidente do júri e diretor de fotografia da AFP, Francis Kohn. “Vimos esta foto cedo [no processo de seleção] e soubemos que era uma imagem importante”.

Para Huang Wen, membro do júri e diretor de desenvolvimento de novas mídias da agência chinesa Xinhua, a foto é “perturbadora”. “Você observa a ansiedade e a tensão de forma sutil. A imagem mostra a emoção e os sentimentos de um pai que tenta introduzir o filho no mundo ao qual deseja pertencer”.

Na noite da foto, depois de passar cinco dias acampado com os refugiados, Warren Richardson viu a chegada de quase 200 pessoas que se deslocavam escondidas entre as árvores, ao longo da linha de fronteira. Primeiro fizeram passar as mulheres e as crianças, depois os pais de família e os idosos.

“Brincamos de gato e rato com a polícia a noite toda”, disse o fotógrafo, citado no comunicado da World Press Photo.

“Eram três da manhã quando fiz a foto. Não podia usar o flash, porque a polícia tentava encontrar estas pessoas. Aproveitei apenas a luz da lua”, explicou o australiano.