Animais e plantas em extinção – Veja fotos das mais ameaçadas do mundo

A Sociedade Zoológica de Londres e a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) divulgaram a lista dos 100 animais, plantas e fungos que estão mais próximos da extinção. Acima, o Soldadinho-do-araripe, pássaro do nordeste brasileiro. Foto: Ciro Albano

Cinco espécies brasileiras estão na lista. Entre elas, a preá Cavia intermedia (foto), considerada o mamífero mais raro do mundo, que vive em Santa Catarina. Foto: Luciano Candisani

O relatório, que se chama “Inestimável ou Sem valor?”, chama a atenção para a dificuldade de proteger espécies que não são consideradas “úteis”. Acima, o peixe australiano Scaturiginichthys vermeilipinnis. Foto: Adam Kerezsy

Os cientistas temem que não seja possível salvar as espécies porque não se considera que elas trazem benefícios óbvios para a sociedade humana. Na imagem, o macaco Rhinopithecus avunculus, do Vietnã. Foto: Le Khac Quyet/University of Colorado Boulder

“Todas as espécies listadas são únicas e insubstituíveis. Se elas desaparecerem, nenhuma quantia de dinheiro poderá trazê-las de volta”, diz Ellen Butcher, co-autora do levantamento. Na imagem, a Grande abertada indiana. Foto: Rahul Sachdev

A lista tem espécies de 48 países e foi compilada por 8 mil cientistas da UICN. Na foto acima, dois exemplares da borboleta brasileira Actinote zikani, ainda encontrada na região da Mata Atlântica de São Paulo. Foto: André Freitas

O inseto Risiocnemis seidenschwarzi (acima), similar à libélula, existe somente em uma área de 30 metros quadrados na ilha de Cebu, nas Filipinas, seu habitat original foi destruído por um fazendeiro que se mudou para o local e usava pesticidas regularmente. Foto: Reagan Villanueva

Jonathan Baillie, da Sociedade Zoológica de Londres, diz que os doadores para projetos de conservação e as próprias organizações conservacionistas tendem a pensar “o que a natureza pode fazer por nós?” ao priorizar projetos que ajudam espécies consideradas lucrativas. Na foto, o Hibiscadelphus woodii, encontrado no Havaí. Foto: Ken Wood

“Temos uma decisão moral e ética importante a tomar: essas espécies tem direito a sobreviver ou nós temos o direito de levá-las à extinção?”, diz Baillie. Na imagem, a Salamandra-imperador-pintada, natural do Irã, que é ameaçada pelo comércio ilegal de animais. Foto: R D Bartlett

O macaco Muriqui-do norte (foto), encontrado desde o sul da Bahia a parte do Paraná, é considerado o maior primata do continente americano, mas está ameaçado pelo desmatamento e pela caça ilegal. Foto: Andrew Young

O levantamento inclui os motivos pelos quais cada espécie está em perigo e o que pode ser feito pela comunidade internacional. Na ilha Maurício, existem menos de dez exemplares da planta Elaeocarpus bojeri, que produz as flores da imagem acima. Foto: Christopher Kaiser- Bunbury

O maçarico-bico-de-colher é a ave mais ameaçada do mundo, natural do nordeste da Rússia e sudeste asiático. Nos últimos dez anos, sua população caiu de 3 mil exemplares para menos de 100. Conservacionistas tentam fazer com que ela se reproduza em cativeiro. Foto: Baz Scampion

O Albatroz-de-Amsterdam, natural da ilha de Amsterdam, no oceano Índico, é vítima de uma doenças e da captura acidental durante a pesca no local. A introdução de gatos de rua na ilha também contribuiu para que hoje sua população tenha menos de 100 exemplares. Foto: Eric van der Vlist

O sapo do Rio Pescado, encontrado no sudoeste do Equador, é vítima da expansão da agricultura na regiçao e da infecção fatal quitridiomicose, que afeta anfíbios. Foto: Eduardo Toral-Contreras

Deixe um Comentário

5 Comentários.

  1. e mulito legal que pode fazer isso ne com as plantas

  2. ai tii lindo

  3. robenilson pascoal

    muito bom esse trabalho, melhor ainda se todos se unissem para colaborar com essa luta de salvar esses espécies e outras para salvar todos os animais.

Deixe um Comentário

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Please type the characters of this captcha image in the input box

NOTA - Você pode usar estesHTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>