Foto incrivel do Monte Fuji

Monte Fujifoto-imagem-mount-fuji

Monte Fuji paira sobre Fujinomiya, província de Shizuoka, no Japão, depois de uma tempestade pesada. “Quando eu tirei as fotos em um silêncio sem fôlego, eu tinha um forte sentimento de que a Terra estava vivo e tinha uma alma”, escreve o fotógrafo Hidenobu Suzuki

Vista do Monte Fuji a partir do Lago Kawaguchiko

foto-imagem-vista-do-monte

Sombra projetando-se a partir do Monte Fuji

foto-imagem-vista-do-monte

Plantação de chá nos arredores de Tóquio, que fica entre as províncias de Shizuoka e Yamanashi

foto-imagem-vista-do-monte

Fotos da natureza e animais em raio X

Após se aposentar, o físico holandês Arie van’t Riet decidiu transformar seu passatempo em arte. Ele cria imagens a partir de radiografias de animais e plantas.Natural da pequena cidade de Bathmen, no leste da Holanda, van’t Riet começou a fazer raios X de flores quando dava aulas sobre o funcionamento da máquina.Desde então, a coleção de imagens do físico aumentou e passou a incluir não só outras plantas, como também pássaros, peixes e macacos.

“Quero que o meu trabalho sirva para destacar a beleza incrível da natureza e espero que as pessoas possam valorizar mais a natureza depois de ver essas imagens”, disse.

foto-imagem-animais-raiosx foto-imagem-animais-raiosx foto-imagem-animais-raiosx foto-imagem-animais-raiosx foto-imagem-animais-raiosx foto-imagem-animais-raiosx foto-imagem-animais-raiosx foto-imagem-animais-raiosx

Ilustradora da Malásia faz versões perfeitas de fotos artísticas utilizando apenas grafite

foto-imagem-desenhos-a-grafite

A ilustradora malaia Monica Lee foi artista digital por 12 anos e ela finalmente decidiu sair em busca de seu trabalho dos sonhos na ilustração. Ela, sem muita dificuldade, desenha retratos complexos de moças e rapazes com sardas, homens barbudos e aves, sempre reproduzindo com perfeição textura e sombreamento. Muitas dessas artes levam de três a quatro semanas para ficar prontas.

Alguns de seus desenhos são baseados em fotografias de outros artistas — o da moça com óculos, por exemplo, é baseado em uma foto da modelo Ada Kristine, tirada pela artista Marteline Nystad.

Lee menciona sua admiração pela fotografia e que seu pai trabalhou nessa área. “Eu cresci apreciando o valor das fotografias,” explicou. “É por isso que prefiro o estilo fotorrealista comparado a outros estilos. E, recentemente, eu me deparei com o trabalho de Dirk Dzimirski e Paul Cadden. O realismo do trabalho deles com o grafite me deixou impressionada! Eu quero ser capaz de fazer isso.”

foto-imagem-desenhos-a-grafite foto-imagem-desenhos-a-grafite foto-imagem-desenhos-a-grafite foto-imagem-desenhos-a-grafite foto-imagem-desenhos-a-grafite foto-imagem-desenhos-a-grafite foto-imagem-desenhos-a-grafite foto-imagem-desenhos-a-grafite

Os piores sonhos e pesadelos de crianças

Os piores pesadelos infantis

foto-imagem-pesadelosQuando crianças, é comum ouvirmos de parentes e amigos histórias de terror que arrepiam até o último fio de cabelo e fazem com que o sentimento de medo surja diante das mais distintas situações. Em algumas famílias, por exemplo, os pais têm o hábito de contar histórias de terror para os filhos antes de dormir. Se os pais não fazem isso, algum amigo do filho vai se encarregar de fazer, nascendo assim o medo de palhaços, bichos-papões, bois da cara preta e personagens similares, dependendo do nível de terror dessas histórias.

Pensando em dar vida a esses pesadelos infantis, o fotógrafo Joshua Hoffine recriou os piores pesadelos infantis que passam pela cabeça das crianças. Em fotos assustadoras e, ao mesmo tempo, com uma estética impecável, o fotógrafo trouxe à vida palhaços assassinos, monstros, insetos gigantes, bichos-papões, babás amedrontadas e vários elementos que compõem o universo de terror infantil.

Para isso, Joshua contou com a ajuda de alguns atores, como Bob Barber, que aparece na maior parte das fotos clicadas. Confira o belo trabalho do artista na galeria.

foto-imagem-pesadelos foto-imagem-pesadelos foto-imagem-pesadelos

Os jogadores com tatuagens iradas

Se você tem acompanhado os jogos da Copa do Mundo, deve ter percebido que, além do festival de gols, também existe um verdadeiro festival de craques desfilando pelos gramados com os corpos cobertos de tatuagens. E como nós aqui do Mega Curioso gostamos de trazer matérias sobre tattoos, não podíamos deixar de postar uma especialmente dedicada aos jogadores, não mesmo? Portanto, confira a seguir quais foram os nossos convocados:

Daniel Alves

30102313838062

Clint Dempsey

30102248612056

Cristian Rodriguez

30102301373060

aniele de Rossi

30102326271065

Ezequiel Lavezzi

30102339219070

Jermaine Jones

30102353056073

Kevin-Prince Boateng

30102406254077

Marcelo

30102419062083

Mathieu Debuchy

30102430918084

Neymar

30102552381090

Raul Meireles

30102614471093

Sergio Ramos

30102839349101

Tim Howard

30102917117105

Valon Behrami

30102931391109

Wesley Sneijder

30102944184111

Barba na moda

Barba está na moda. Isso pode ser uma notícia ruim, principalmente se você for dono de uma empresa de barbear.
Veja só essa campanha publicitária da marca Schick da Nova Zelândia: como você pode ver, eles transformaram as grandes barbas dos rapazes em animais selvagens, incentivando – de uma forma bem humorada – os homens a não deixarem suas barbas tão ‘selvagens’, com a chamada “Free your Skin” (Liberte a sua pele).
foto-imagem-barba-animal foto-imagem-barba-animal foto-imagem-barba-animal

Games of Thrones – 10 lugares incríveis para visitar – Veja as imagens dos locais das filmagens da série da HBO de maior sucesso

foto-imagem-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitarA série da HBO faz o maior sucesso. “Game of Thrones” é conhecida por suas reviravoltas, fantasias e os diversos personagens/atores talentosos. Mas, você não precisa ser um super fã para querer conhecer esses 10 lugares incríveis onde a história foi filmada.Os 7 reinos de Westeros, que estão localizados pela Europa, Norte da África, Ilha de Malta, Irlanda, viraram pontos turísticos rapidamente, assim como aconteceu com o Senhor do Anéis e as peregrinações pela Nova Zelândia.Mesmo quem não gosta do seriado ou nunca viu, com certeza vai apreciar essas belezas naturais. Aqui, uma lista feita pelo site Mother Nature Network:

dubrovnik-croacia-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitar

 

1) Dubrovnik, Croácia: Graças às muralhas históricas, Dubrovnik é uma das cidades mais importantes da série. Turistas já visitavam a área antiga, mas durante a 2a e 3a temporada, o local se destacou. Muitos cenários foram alterados digitalmente, mas mesmo assim, diversas empresas criaram um roteiro exclusivo para levar as pessoas até os sets das filmagens. A maioria das cenas foram capturada no centro da cidade, o que facilita o passeio.

split-croacia-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitar

2) Split, Croácia: Ao lado de Dubrovnik fica Split, cercada pelas ruínas romanas do Palácio do Imperador Diocleciano. As filmagens da 4a temporada foram feitas aqui e alguns dos melhores restaurantes e bares da cidade estão localizados perto do palácio de GoT.

dark-hedges-irlanda-do-norte-foto-imagem-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitar

3) Dark Hedges, Irlanda do Norte: Neste lugar, as árvores que tem mais de 200 anos, formam a estrada de passagem do rei. Dark Hedges fica perto da cidade turística de Ballymoney. O pavimento foi removido com edição digital, mas as árvores arqueadas se mantiveram quase inalteradas durante toda produção. Elas realmente se espalham sobre a pista, criando um túnel que parece se estender até o horizonte.

mdina-malta-foto-imagem-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitar

4) Mdina, Malta: Mdina é a antiga capital de Malta. Localizada no centro da Ilha, sua arquitetura tem mais de 1.000 anos. Chamada de “Cidade Silenciosa” tem vistas fabulosas de campos e até do Mar Mediterrâneo. As ruas estreitas foram usadas nas filmagens e cenas de fundo na primeira temporada. Mdina logo foi substituída por Dubrovnik.

castelo-de-doune-escocia-foto-imagem-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitar

5) Castelo de Doune, Escócia: O castelo localizado no centro da Escócia é aberto ao público para visitação. Foi utilizado em várias cenas de Winterfell. Suas paredes de pedra e o pátio são facilmente reconhecidos por qualquer fã de Game of Thrones.

parque-de-vatnajokull-islandia-foto-imagem-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitar

6) Parque de Vatnajökull, Islândia: Vatnajökull é a maior massa de gelo do país. A beleza do parque, que cobre quase 10% de toda a ilha, atrai turistas e aventureiros. Caminhadas diárias pelo local são permitidas, assim como visitas noturnas mais longas.

lago-myvatn-islandia-foto-imagem-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitar

7) Lago Myvatn, Islândia: localizado no norte da Islândia, a área é conhecida por suas características vulcânicas. O lago tem uma paisagem incrível, além de possuir cachoeiras. Muitas aves migratórias passam por aqui e o lugar possui até locais próprios para banhos no verão.

parque-florestal-de-tollymore-irlanda-foto-imagem-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitar

8) Parque florestal de Tollymore, Irlanda: O primeiro parque florestal da Irlanda do Norte abriga 1.600 hectares e possui montanhas ao seu redor, que também são vistas ao fundo de várias cenas.

gozo-malta-foto-imagem-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitar

9) Gozo, Malta: A segunda maior ilha de Malta é um dos lugares favoritos dos turistas que querem escapar das ruas históricas super movimentadas. O arco chamado de “Azure Window” foi formado após duas cavernas calcárias entrarem em colapso. Uma das cenas memoráveis: o casamento de Daenerys Targaryen e Genghis Khan – Khal Drogo. As áreas em volta também foram utilizadas para os nômades Dothraki.

ksar-de-ait-benhaddou-marrocos-foto-imagem-lugar-incriveis-Game-Of-Thrones-para-visitar

10) Ksar de Aït Benhaddou, Marrocos: Patrimônio mundial da Unesco, a cidade possui diversas casas e vilas fortificadas (ksar), além de extensos areais e dunas, por estar justamente entre o deserto do Saara e as cadeias montanhosas de Alto Atlas. A cidade é considerada a praia mais agradável do país. Aqui também foram filmados filmes como A Múmia, Gladiador, Alexandre, Príncipe da Pérsia e outros.

Os animais mais flexíveis do mundo

foto-imagem-animais-mais-flexíveis-do-mundo

Eles são tão flexíveis que escapam dos predadores com defesas incomuns aos vertebrados, seja se enrolando como uma bolinha ou suportando forças que esmagariam as demais espécies.

Esses animais possuem fibras de colágeno, que unem as partes rígidas do corpo – como as escamas ou osteodermos – às mais moles, conferindo mais flexibilidade e uma resistente carapaça externa.

No campo da biomimética, esse tipo de “armadura dérmica” é um dos temas de estudo mais populares. Conheça algumas espécies com essas características.

Tatu-bola, o mascote da Copa

foto-imagem-animais-mais-flexíveis-do-mundo

Muita gente acha que os tatus estão bem protegidos com sua carapaça dura, mas a maioria das espécies prefere se enterrar no solo para escapar dos predadores. De toda a família, a única subespécie que consegue formar uma bola perfeita é, como o nome indica, o tatu-bola, o mascote da Copa do Mundo de 2014.

Endêmico da Argentina, Brasil, Bolívia e Paraguai, esse animalzinho conta com uma couraça dobrável e com pouca articulações, o que garante uma grande amplitude de movimentos. Em uma situação de perigo, o tatu-bola une a cabeça com a cauda, enrolando-se como uma bola para proteger seu abdômen dos golpes dos predadores.

No momento em que ele se “fecha”, o tatu faz um barulho que surpreende seus inimigos e pode funcionar como uma manobra evasiva. Algumas espécies adotam a estratégia de saltar sobre os predadores para tentar espantá-los, enquanto outras preferem sair correndo e encontrar um esconderijo.

Os tatus se alimentam de colônias de insetos e usam suas garras fortes para remover a casca das árvores em busca de formigas e cupins.

O tatu-bola pertence ao gênero Tolypeutes, um dos nove que reúnem um total de 21 espécies. Dependendo da espécie, os tatus podem pesar mais de 30 quilos e medir até cinco metros de comprimento, da cabeça à cauda, como o tatu-canastra.

O curioso tatuzinho

foto-imagem-animais-mais-flexíveis-do-mundoApesar de parecerem insetos, estes animais são crustáceos, assim como os caranguejos e as lagostas. Eles se adaptaram à vida terrestre e pertencem ao gênero Isopoda, que abriga mais de cinco mil espécies. foto-imagem-animais-mais-flexíveis-do-mundoÉ provável que você já tenha encontrado um tatuzinho escondido em lugares escuros e úmidos de sua casa, sob pedaços de madeira, pedras ou rachaduras. Há uma razão: eles precisam da umidade para respirar. Como perdem líquido rapidamente devido à excreção e à carapaça aberta (seu exoesqueleto), os tatuzinhos preferem locais secos para facilitar a respiração. foto-imagem-animais-mais-flexíveis-do-mundo

Assim como o tatu-bola, ele também se enrola em uma bolinha quando se sente ameaçado por predadores, como as aranhas. Ele troca seu exoesqueleto oval, em forma de sanfona, várias vezes ao longo da vida.

Os tatuzinhos se alimentam de carniça e plantas mortas, e têm uma história curiosa: eles teriam chegado de barco às Américas, junto com os colonizadores. Atualmente, são encontrados em todo o mundo.

Pangolim, o “abacaxi” vivo

foto-imagem-animais-mais-flexíveis-do-mundo

Os pangolins pertencem à mesma família das preguiças e tamanduás, mas não parece: seu corpo é quase totalmente recoberto por escamas grandes, que o deixam com a aparência de um abacaxi.

No geral, os pangolins comem insetos e estão distribuídos em oito espécies pela África e Ásia. Apesar de terem garras muito fortes nas patas dianteiras, raramente as usam como armas. Quando se sentem ameaçados, em vez de atacar, preferem se enrolar em uma bola tão apertada que é quase impossível penetrá-la. Eles são os únicos mamíferos com esse mecanismo de defesa.

foto-imagem-animais-mais-flexíveis-do-mundo

As bordas afiadas de suas escamas recobrem praticamente todo o corpo, tornando-os invulneráveis à maioria dos predadores. Eles também usam a cauda para atacá-los diretamente, causando ferimentos graves.

Suas escamas são feitas de queratina, a mesma proteína das unhas e cabelos humanos. De fato, as escamas dos pangolins crescem como pelos, e os padrões que se formam são únicos em cada indivíduo, assim como as impressões digitais dos seres humanos.

Sua cabeça cônica, a boca sem dentes e a língua pegajosa são excelentes para caçar insetos. O curioso é que eles precisam comer algumas pedras para ajudar na digestão.

Para compensar sua visão ruim, têm um olfato apuradíssimo e conseguem detectar cupins e formigas a centenas de metros de distância.

Os pangolins são animais solitários que não ultrapassam um metro de comprimento, e há muito tempo são vítimas de desmatamento e perda de habitat. A mesma capacidade de defesa que os torna tão fascinantes também facilita sua captura. Os traficantes os vendem no mercado negro por suas supostas “propriedades medicinais”.

Segundo um estudo recente, as quatro espécies de pangolim são protegidas na Ásia, onde a situação é mais grave. Mesmo assim, não há registros confiáveis sobre os exemplares capturados pelo tráfico.

“Descobrimos uma situação desastrosa e todas as previsões para os pangolins são ruins”, alerta o professor McDonald, um dos especialistas da Universidade de Oxford que participou do estudo. “Se conseguir chamar a atenção para esse comércio inútil, a opinião pública internacional pode ajudar a reverter a situação”.

Os resistentes cavalos-marinhos

foto-imagem-animais-mais-flexíveis-do-mundo

Recentemente, os cavalos-marinhos surpreenderam os pesquisadores com uma habilidade impressionante: são capazes de resistir a forças que esmagariam qualquer outra espécie.

Esses animais curiosos são encontrados nos mares de todo o planeta e medem entre 1,5 e 35 centímetros.

Pouco se sabia sobre suas particularidades ósseas até a publicação de um estudo da Universidade da Califórnia, em San Diego. O objetivo era identificar as espécies capazes de recolher um objeto e, ao mesmo, suportar as ameaças de predadores e os rigores da natureza. No campo da biomimética, essa capacidade pode ajudar a resolver alguns problemas de engenharia, imitando as soluções da natureza.

Depois de submeter os cavalos-marinhos a uma pressão esmagadora, os pesquisadores descobriram que eles não tinham sofrido nenhum dano: suas vértebras podem se dobrar até a metade durante a compressão devido à quantidade reduzida de minerais nos ossos, o que aumenta a flexibilidade .

Satao – Um dos elefantes mais famoso e importantes do Quênia e morto por caçadores de marfim

satao-elefante-mais-famoso-e-importante-do-quenia-morto-imagem-e-foto

Morte assinala onda recente de caça por marfim na África

Caçadores sedaram, envenenaram, mataram e cortaram rosto e presas de Satao, um dos elefantes mais famosos e importantes do Quênia. Satao era um dos últimos elefantes africanos chamados de “great tuskers”, ou grandes presas, elefantes com presas de marfim pesando mais de 45 quilos. Ele foi envenenado por caçadores, depois de anos adaptando seu comportamento para se esconder de seres humanos.

O animal provavelmente nasceu na década de 1960 e foi assassinado por dardos envenenados em um canto remoto do Parque National de Tsavo. Segundo pesquisadores, o elefante havia migrado para a região em busca de água fresca, depois de tempestades recentes.

Mark Deeble, um documentarista britânico, passou longos anos filmando Satao e outros elefantes. Ele conta que Satao sempre se movia de arbusto em arbusto, escondendo suas presas entre a folhagem. Ele acredita que o elefante apresentava esse comportamento para ocultar o marfim dos humanos. “Ele tinha consciência que os humanos eram perigosos para ele”, diz o documentarista. Sua carcaça foi encontrada com o rosto e presas de marfim arrancados e as quatro pernas separadas.

Richard Moller, da organização não-governamental Tsavo Trust, que luta para proteger a vida selvagem, monitorou o animal por meses, antes de encontra-lo morto no dia 30 de maio. Ele chamava o elefante de “ícone” e diz que “não há duvidas que Satao está morto, assassinado por um caçador de marfim, envenenado por um dardo venenoso para alimentar a demanda insaciável de marfim de países distantes”.

satao-elefante-mais-famoso-e-importante-do-quenia-morto-foto-imagem

Fotografando Camadas e Simetria no Vale Flathead

foto-imagem-vale-flathead

O Flathead National Forest fica a oeste da Continental Divide e corre ao longo da borda oriental do Vale Flathead. Nuvens sombras e formas originais sobre o vale e da floresta, especialmente durante o pôr do sol, o que pode fazer para uma bela imagem.

Foto dica: muitas vezes sou atraído por simetria e camadas, especialmente quando fotografar paisagens. Eu estava em Flathead Floresta Nacional de fotografar alguma coisa, mas não parava de olhar para trás, esta árvore ao longe para ver como o sol estava afetando sua iluminação. Eu tirei essa foto, assim como as sombras envolvia a floresta, o que ajudou a tornar a árvore solitária no primeiro plano se destaca. A partir da grama amarela escura que circunda a árvore, a grama amarela mais clara no fundo, e, finalmente, para a floresta verde escuro, as camadas mostrar ainda mais a beleza desta noite de primavera em Montana.